Audiência Pública da Assembleia Legislativa atende demandas de produtores, em Bento Gonçalves - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Congresso de Cultura20/05/2019 | 08h01Atualizada em 20/05/2019 | 08h01

Audiência Pública da Assembleia Legislativa atende demandas de produtores, em Bento Gonçalves

Grupos de Trabalho reuniram-se durante o Congresso Estadual e discutiram ações e alterações de leis de incentivo para o setor

Audiência Pública da Assembleia Legislativa atende demandas de produtores, em Bento Gonçalves Ketrine Pilan/divulgalção
Marco Aurélio Alves, presidente do Conselho Estadual de Cultura (primeiro à direita), foi um dos interlocutores a estabelecer pontes entre governos, iniciativa privada e artistas Foto: Ketrine Pilan / divulgalção

Muito além das amplas discussões de temas como a escassez de incentivo à cultura ou a visão dos empresários no financiamento de projetos ou, ainda, a inclusão de setores dificilmente contemplados, como as comunidades indígenas e quilombolas e do acesso aos deficientes em eventos, houve reuniões chamadas de Grupos de Trabalho (GT), no Congresso Estadual de Cultura, realizado em Bento Gonçalves, entre os dias 15 e 17 de maio. 

Os GTs que tinham por objetivo repensar as leis do setor. Todas as propostas foram apresentadas em audiência pública da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, realizada no encerramento do encontro, na sexta-feira dia 17 de maio.

Leia ainda
Empresa de Caxias diz que pode investir R$ 1 milhão na cultura desde que lei estadual seja alterada
"Cultura é um grande negócio para o investidor", diz Werner Schünemann em Bento Gonçalves
Prefeitura de Bento Gonçalves assina repasse de R$ 765 mil para financiar projetos culturais
Em Bento, secretária estadual da Cultura anuncia lançamento de  prêmio no valor de R$ 200 mil

Entre as propostas citadas pelos artistas, produtores culturais e representantes dos governos municipais presentes — à exceção de Caxias que não enviou nenhum representante da prefeitura — estão revisões e desburocratização das leis de incentivo, maior investimento do Estado para o setor e abertura de editais especiais para áreas ainda não atendidas. 

— Vamos respaldar a Secretaria de Cultura do Estado na Assembleia — promete a deputada estadual Sofia Cavedon (PT), presidente da Comissão.

Outra proposta que chama a atenção é a de qualificar prefeitos e gestores culturais, sejam eles diretores de departamento ou mesmo secretários de estado, para que possam ser conscientizados da importância em atender as demandas da economia criativa de suas cidades.

— Precisamos cada dia mais de convergência de ideias e forças como a que vimos neste encontro. E já colocamos à disposição esta casa, para o 4º Congresso de Cultura e toda e qualquer discussão de interesse do setor, no Estado — defende Evandro Soares, secretário de Cultura de Bento.

Leia também
Sociedade por João Pulita
Artista de Caxias conhecido por personagem Elichat reclama de abordagem da Guarda Municipal 
Tríssia Ordovás Sartori: Vidas de resiliência


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros