De bonecas a telefones de lata: exposição resgata brinquedos antigos em Caxias do Sul   - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Memória18/04/2019 | 15h46Atualizada em 18/04/2019 | 15h50

De bonecas a telefones de lata: exposição resgata brinquedos antigos em Caxias do Sul  

Mostra fica em cartaz até 31 de maio, no Museu Municipal

De bonecas a telefones de lata: exposição resgata brinquedos antigos em Caxias do Sul   Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Para os adultos, o inconfundível sabor de nostalgia ao recordar dos tempos em que se jogava bola de gude nas ruas e nos campinhos de chão batido. Para as crianças, a surpreendente descoberta das brincadeiras de uma época em que aparelhos eletrônicos eram apenas fantasias da ficção.

É justamente esse encontro de gerações que caracteriza a exposição O brinquedo na memória da infância, em cartaz até 31 de maio no Museu Municipal. A mostra reúne cerca de 80 peças, entre bonecas de pano, piões de madeira, panelinhas de metal e até mesmo os inesquecíveis telefones de lata e barbante: um convite para se deliciar com as brincadeiras de outrora.

— Existe uma construção social de que o brincar é uma exclusividade do universo infantil. Se observarmos, ao longo do nosso crescimento, o brinquedo e o ato de brincar são deixados de lado. É por isso que o resgate dessas memórias é importante para a vida das pessoas e também para o desenvolvimento das crianças — justifica Daniela Fraga, diretora da divisão de museus da Secretaria da Cultura.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL exposição ¿O brinquedo na memória da infância¿ no Museu Municipal.(Felipe Nyland/Agência RBS)
Exposição promove o encontro das novas gerações com brinquedos tradicionais, como o telefone de lata de barbanteFoto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Além das peças antigas, que integram o acervo museológico de Caxias do Sul, a exposição também exibe 20 brinquedos contemporâneos — industrializados e de plástico: um contraponto que resume as mudanças tecnológicas das últimas décadas.

— É interessante testemunhar as crianças que visitam a exposição fazendo esse contraponto por conta, elencando as diferenças entre os brinquedos antigos e os contemporâneos. Alguns questionam como era possível fazer uma boneca com um sabugo de milho, outros se dão conta que hoje todos os brinquedos são de plástico. Essa reflexão, desde cedo, é muito importante — reforça Daniela, que assina a curadoria da mostra ao lado da equipe do Museu Municipal.

Pensada a partir de um convite da produtora cultural Caliandra Troian para que o Museu Municipal integrasse o Téti - Festival de Arte e Cultura para a Criança, a exposição ainda reserva um momento lúdico: os pequenos visitantes são levados ao pátio para brincar. Mas nada de celular ou tablet! É hora de conhecer jogos como cinco-marias e telefone sem fio, um divertido mergulho nas brincadeiras que não envelhecem jamais.

PROGRAME-SE
:: O quê:
exposição O brinquedo na memória da infância.
:: Onde: Museu Municipal de Caxias do Sul (Rua Visconde de Pelotas, 586).
:: Quanto: entrada gratuita.
:: Visitação: até 31 de maio.
:: Horários: de terça a sexta, das 9h às 17h; aos sábado, das 11h às 17h.
:: Informações: pelo telefone (54) 3221-2423.
:: Agendamento: visitas em grupo podem ser agendadas pelo e-mail museumunicipal@caxias.rs.gov.br.

Leia também:
Fotógrafa Rochelle Costi fala sobre memória e arte em Caxias
Agenda: Alok faz show em Caxias no dia 11 de maio
Criada nos anos 1920, aromaterapia é responsável pelo estímulo a diferentes partes do cérebro

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros