Fotógrafo com síndrome de down, João Vicente Fiorentini inaugura exposição em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Fotografia19/03/2019 | 08h00Atualizada em 19/03/2019 | 08h00

Fotógrafo com síndrome de down, João Vicente Fiorentini inaugura exposição em Caxias do Sul

Jovem de Porto Alegre registra formas geométricas que aprendeu na escola e que reconhece na natureza ou no ambiente urbano

Fotógrafo com síndrome de down, João Vicente Fiorentini inaugura exposição em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
João Vicente Fiorentini Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

João Vicente Fiorentini prefere se expressar com o olhar do que com as palavras. Se a síndrome de down limita a sua fala, a câmera fotográfica é a ferramenta que o porto-alegrense de 22 anos encontrou para registrar e transmitir as suas impressões do mundo. Após ter passado por Porto Alegre, Florianópolis e Rio de Janeiro, desde ontem a sua exposição Forma & Cor pode ser visitada no segundo piso (mezanino) da Prefeitura de Caxias do Sul. 

A coletânea de 30 imagens tem como eixo-comum aquela que é uma das paixões de João Vicente desde os tempos de escola, e que as lentes o permitiram explorar por onde passa: as formas geométricas. Nada nas paisagens urbanas escapa ao olhar apurado de João Vicente: cestos de lixo, bueiros, arranjos de flores, pichações em paredes, estátuas, pilhas de pallets, sachês de açúcar na mesa de uma lanchonete. Em toda cena o jovem detecta o ângulo mais improvável, que possa revelar a forma mais singular. 

– Gosto de procurar na cidade e na natureza as formas que estudei nas aulas de matemática – explica João Vicente, através do aplicativo Let Me Talk, que oferece frases formuladas por ele com o auxílio da fonoaudióloga, gravadas e reproduzidas por uma voz digital.

Muitas das fotografias foram feitas em uma oficina de três dias durante a última edição do Porto Verão Alegre. Outras são de um trabalho escolar que convidou os alunos para tirar fotos na Praça da Alfândega, em Porto Alegre. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 18/03/2019 - João Vicente tem Síndrome de Down e encontrou na fotografia uma forma de se expressar. Ele está expondo suas fotos no mezanino da Prefeitura de Caxias do Sul. a exposição de chama Formas & Cor. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A mãe de João, Vera Ione Scholz, destaca a importância de pais e responsáveis estimularem seus filhos a explorar sua criatividade e potencial para a arte, que pode ser uma poderosa ferramenta de comunicação:

– Creio que todas as famílias devem oferecer tudo o que for possível para os seus filhos, mas cobrando um retorno dentro do que eles podem oferecer. Isso vale para qualquer filho, com ou sem deficiência – comenta a mãe.

Forma & Cor é oferecida pela Comunidade Down Caxias, dentro da programação da 2ª Semana Municipal de Conscientização Sobre Síndrome de Down. Na sexta-feira, a exposição será substituída por uma mostra local intitulada Ninguém Fica Pra Trás, que terá fotografias  que mostram caxienses com síndrome de down em suas atividades cotidianas.  

Agende-se
O quê: exposição “Forma & Cor”, de João Vicente Fiorenti
Quando: visitação até o dia 21 (quinta-feira), das 10h às 16h.
Onde: Mezanino da Prefeitura de Caxias do Sul
Quanto: entrada gratuita

 Leia também:
Dani Bolina visita Caxias do Sul nesta quarta
Em 100 dias, Instituto Quindim recebeu mais de 1,2 mil leitores em Caxias do Sul
Marcos Kirst: semana regida por Calíope
Saiba o que é áudio drama, formato que tem invadido o mundo dos podcasts


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros