Marcos Kirst: o real valor de um presente - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião03/12/2018 | 05h00Atualizada em 03/12/2018 | 05h00

Marcos Kirst: o real valor de um presente

Matheus terá como presente de aniversário a preciosa companhia do amigo Iago

Matheus Monteiro é o nome de um jovem cidadão brasileiro que ganhou as páginas do noticiário na semana passada. Morador da periferia de Bragança Paulista (SP), ele comemorou seu aniversário de 12 anos na quarta-feira, dia 28. Um dos presentes mais significativos que recebeu veio de um tio, que lhe deu a quantia de R$ 35,00 para que ele fizesse o que quisesse com o dinheiro. 

Leia mais
Marcos Kirst: "Meu Deus, há quem o ame!"
Marcos Kirst: Oumuamua, o fake estelar

Matheus não pensou duas vezes e decidiu destinar a verba para seu colega de escola e grande amigo, Iago Oliveira, que não poderia participar de uma excursão promovida pela escola, por seus pais estarem desempregados e não disporem da quantia, vital para a manutenção básica do cotidiano da família, composta ainda por mais quatro irmãos. O valor total do passeio que levará a turma da quinta série de uma escola municipal paulista amanhã, terça-feira, para dois museus em São Paulo, é de R$ 45,00 por aluno. Os R$ 10,00 faltantes na quota de Iago, o pequeno Matheus integralizou solicitando diretamente com sua mãe, que anuiu.

Matheus e Iago, além de colegas e amigos, são vizinhos e caminham juntos de suas casas até a escola todos os dias, há quatro anos. Na quinta-feira passada, um dia depois do aniversário de Matheus, a dupla rumou direto à sala da diretora, com a missão de solucionar a presença de Iago na lista dos alunos que participarão da tão sonhada excursão. Matheus chegou perguntando se ainda era possível inscrever Iago na lista, e depositou os R$ 45,00 em cima da mesa da diretora, em um montinho de notas de R$ 10,00, R$ 5,00, R$ 2,00, retiradas do bolso. A diretora quis saber de que forma Matheus havia obtido o dinheiro e, ao ouvir o relato, inscreveu prontamente Iago na lista, para a alegria de ambos. Dessa forma, Matheus terá como presente de aniversário a preciosa e inestimável companhia do grande amigo Iago nas visitas ao Museu Cultural e Educacional Catavento e ao Museu do Futebol em São Paulo. Isso não tem preço!

Devido a seu ato de altruísmo (e de cidadania, e de humanidade e de coração), Matheus ganhou, na escola, uma Medalha de Atitude Solidária. E também recebeu de volta os R$ 45,00, pois a instituição decidiu custear o passeio de Iago. Os dois estão felizes, e Iago poderá ajudar Matheus, no passeio, a carregar sua mochila, recheada com dez sanduíches de mortadela, que Matheus pediu para sua mãe preparar. Não, ele não é comilão. É para oferecer a algum coleguinha que eventualmente não tenha lanche. Não é preciso inventar crônica quando a vida real ainda se mostra capaz de proporcionar a renovação da esperança na espécie humana.

Leia também
Espetáculo de dança inspirado em "O Rei Leão" será mostrado em Caxias
O escritor Gilmar Marcílio lançou seu livro "A Elegância do Silêncio" em Porto Alegre

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros