Frei Jaime: tempo de recomeços - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Opinião31/12/2018 | 05h01Atualizada em 01/01/2019 | 15h06

Frei Jaime: tempo de recomeços

Um dos momentos de maior harmonia e de intensa paz é o tempo dedicado à oração

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A vida é feita de acolhidas e de despedidas... chegadas e partidas... O ano de 2018 está definitivamente se despedindo... Mas antes de ir embora, o ano velho faz as honras da casa para a chegada do novo ano... Um ano termina e outro começa... na vida é bem assim: términos e recomeços... Viver é saber abraçar e saber se despedir dos dias, das semanas e dos anos... Vamos lá: coração agradecido! 

"Fim de ano é época de engavetar os planos que não andam e começar a desengavetar planos de voo." (Saulo Pessato). 

O tempo é uma dádiva depositada no coração do mundo. O humano é o único ser que trava verdadeiras batalhas com o tempo. O ideal seria que todos soubessem otimizar o tempo, isto é, não viver unicamente preso ao relógio, mas também não desperdiçar preciosos instantes, que não vão retornar nunca mais. Existe um tempo para tudo, mesmo que a grande maioria viva de forma distraída. Quem perde tempo, normalmente não sabe que está perdendo tempo. 

Só lá adiante perceberá que os dias passaram, sem serem bem aproveitados. A vida alcança a leveza, quando o tempo não se impõe, roubando a liberdade. A tarefa de distribuir o tempo é intransferível, pois cada pessoa tem suas prioridades e seus gostos. É mais do que normal ter que engavetar alguns planos, que não deram certo. Grande é o desgaste emocional daqueles que não aceitam perder ou não sabem lidar com determinados fracassos. Se tudo sempre desse certo, a vida desconheceria a humildade. Uma derrota tem ensinamentos que as vitórias não ensinam. É evidente que todo plano visa o sucesso. Porém, faz um bem enorme trabalhar com uma certa margem de erro. 

Qual a dificuldade de ter que começar tudo novamente? Nenhuma, contanto que não falte vibração e entusiasmo. Levantar voo e alcançar outros ares é próprio de quem desconsidera a decepção. A condição humana sempre estará diante do melhor e, também, do pior. O segredo é gastar tempo com recomeços, vislumbrar novas oportunidades e projetar novos itinerários. Desengavetar o que ficou no esquecimento é uma forma criativa de pensar o novo. Alcançar outros patamares, saborear o infinito, mergulhar na esperança e seguir em frente, sempre abraçado no amor: dicas que valem ouro. Saber virar a página é um gesto elegante, belo e inesquecível. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!       

Leia também
Saiba quais casas noturnas de Caxias terão festa de Ano-Novo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros