Financiarte 2018, em Caxias, tem apenas 23 projetos inscritos - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Cultura21/12/2018 | 17h20Atualizada em 21/12/2018 | 17h38

Financiarte 2018, em Caxias, tem apenas 23 projetos inscritos

Número é oito vezes menor do que o registrado no ano passado

Financiarte 2018, em Caxias, tem apenas 23 projetos inscritos Maurício Concatto/divulgação
Ano passado, artistas e produtores culturais organizaram protestos em defesa do Financiarte Foto: Maurício Concatto / divulgação
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Não foi só o valor alocado para o Financiamento da Arte e Cultura Caxiense (Financiarte) — tradicionalmente o principal fomento à produção artística em Caxias do Sul — que diminuiu este ano, dos R$ 600  mil disponibilizados ano passado para R$ 150 mil este ano: o número de projetos, que em 2017 chegou a 184, caiu para apenas 23 este ano, oito vezes menos.

Leia mais:
Por falta de inscritos, prefeitura reabre seleção de membros da Casf, em Caxias

O número foi divulgado na tarde desta sexta-feira pela Secretaria Municipal da Cultura, logo após findar o prazo para cadastramento de projetos, às 16h. Os inscritos ainda terão de passar pela análise da documentação e, depois, pela análise de mérito. 

— Isso já era esperado. O valor disponível é mesmo desestimulante, é um fato — analisa o produtor cultural Claudio Troian, 

Também nesta sexta, foi divulgada a reabertura das inscrições para interessados em compor a Comissão de Avaliação e Seleção do Financiarte (Casf), que teve apenas dois inscritos — são necessários 14. Isso, para Troian, é ainda mais preocupante.

— É um descontentamento da categoria, uma revolta silenciosa — diz, torcendo para que com a prorrogação do prazo mais interessados apareçam, para não deixar o sistema morrer.

Desde o ano passado, membros da comunidade cultural caxiense reclamam do sucateamento do Financiarte. Como comparação, em 2016 o valor destinado aos financiamentos foi de R$ 2 milhões, contemplando 71 projetos. Ano passado, foram 18 projetos contemplados, e neste ano, deve diminuir ainda mais — pelo valor disponível, deve ficar entre quatro e, no maximo, dez.

Leia também:
Entrevista: André Trigueiro, jornalista da Globonews, fala sobre valorização à vida
Saiba como não surtar na reta final de 2018

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros