Conheça o coral dos pequenos índios kaingang na aldeia de Farroupilha - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Cultura14/12/2018 | 19h52Atualizada em 14/12/2018 | 20h16

Conheça o coral dos pequenos índios kaingang na aldeia de Farroupilha

Grupo de 15 crianças quer preservar a cultura indígena


Coral infantil da comunidade kaingang de Farroupilha é destacado no projeto Juntos na Diversidade, parceria da UCS com a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do Governo do Estado.
Grupo canta com alegria e sentimento de pertencer à comunidade e tem uniforme próprioFoto: Anthony Beux Tessari / Divulgação

Os pequenos índios da comunidade kaingang Pãnónh Mág, na aldeia kaingang de Farroupilha, têm um coral que busca preservar, desde cedo, a cultura indígena. Ele é composto por 15 crianças, com idades entre 5 e 12 anos, que vivem na comunidade. Alguns estudam na escola da aldeia, a Escola Estadual Indígena de Ensino Fundamental Nivo. 

O grupo canta com alegria e sentimento de pertencer à comunidade e tem uniforme próprio, com o nome das crianças inscrito atrás da vestimenta. As músicas cantadas pelo coral em datas especiais são composições da cultura kaingang. As crianças são orientadas por Silvana Antonio, uma das líderes da comunidade, e o trabalho de preservação da cultura já é feito desde algum tempo, com a participação da professora Orilde Ribeiro nas atividades escolares e comunitárias. 

Segundo Fabiano Moreira, que é esposo de Orilde e também é envolvido com o projeto, o trabalho com o coral infantil tem alguns anos, mas está sendo retomado agora.

O coral dos pequenos índios da comunidade kaingang é um dos que está sendo destacado agora em dezembro pelo projeto Juntos na Diversidade – Incentivo à Preservação da Diversidade Linguística e Cultura na Serra Gaúcha, uma parceria entre Secretaria da Cultura, Esporte e Lazer do Estado e UCS, por meio do Instituto Memória Histórica e Cultural.

O Juntos na Diversidade é patrocinado pelo Banrisul e está entregando troféus e certificados a 14 entidades alinhadas ao projeto. O patrocínio é de R$ 40 mil, sendo R$ 30 mil divididos entre as entidades e grupos.

Leia também:  
PIB caxiense cresce 2,21% em 2016

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros