Com camisetas confeccionadas pelos alunos, desfile de moda da APAE encerra o Festival Especial, em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Inclusão07/12/2018 | 16h20Atualizada em 07/12/2018 | 16h20

Com camisetas confeccionadas pelos alunos, desfile de moda da APAE encerra o Festival Especial, em Caxias do Sul

Dirigida pelo produtor Pepe Pessoa, oficina de arte para o público PCD também teve música e muita tinta espalhada 

Com camisetas confeccionadas pelos alunos, desfile de moda da APAE encerra o Festival Especial, em Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Oficina de estêncil teve como tema o mundo animal. Camisetas serão usadas em desfile na segunda-feira Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

—Pepe, não vou te deixar ir embora!

O imperativo proferido pela menina Isadora Boeira reverberou pelo ginásio da Apae Cinquentenário, em Caxias do Sul, e fez lacrimejar os olhos do produtor de moda Pepe Pessoa na tarde da última quinta-feira. Até porque o convidado nem ia embora, ia apenas até a rua conversar com a reportagem sem o barulho da garotada que preparava o desfile que irá encerrar o quarto Festival Especial - Inclusão Pela Arte, na próxima segunda-feira. Pelo segundo ano, Pessoa assumiu a direção geral do desfile e também coordenou a confecção das camisetas, cujas estampas foram produzidas pelos próprios alunos. 

– De todos os trabalhos que eu faço ao longo do ano, esse é o que me dá a maior satisfação. Porque todos que se envolvem recebem em troca um amor que faz rever todos os conceitos, toda a vida. É uma garotada que eu vejo duas vezes por ano, mas se eles me veem na rua ou no Supermercado me chamam pelo nome, querem me abraçar. Quanto mais áspero está o mundo lá fora, mais a gente precisa se voltar para trocas tão humanas quanto essa – diz Pepe. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 06/12/2018. Acompanhamos a oficina de confecção das camisetas que serão utilizadas pelos alunos da APAE Cinquentenário no desfile de encerramento do 4º Festival Especial - Inclusão Pela Arte. A oficina e o desfile têm a direção do artista Pepe Pessoa. (Porthus Junior/Agênciua RBS)
Pepe Pessoa (de azul) e o músico Abhay Volp passaram o dia com a garotada da ApaeFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

Entre os usuários atendidos pela Apae caxiense, a dedicação à customização das camisetas com a técnica de estêncil, em que a tinta é aplicada através dos recortes de um papel, foi comovente. Este ano, o tema escolhido para as estampas foi o reino animal: urso, gato, leão, cachorro, escolhido conforme a preferência de cada um. Com as mãos coloridas de têmpera, moviam os pincéis para cima e para baixo sob o olhar atento das profes. Isadora, a menina que abre essa reportagem, confeccionou duas camisetas:

– Uma é mim, outra é para outro menino que vem comigo na van e não pôde vir hoje – explicou a jovem.

Para tornar a tarde ainda mais rica e divertida, Pepe convidou o músico Abhay Volp, que com a voz e o violão atendeu a pedidos do público, literalmente, especial, além de ensinar algumas batidas e acordes. Vivendo a primeira experiência com PCDs, Abhay destacou o carinho que recebeu: 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 06/12/2018. Acompanhamos a oficina de confecção das camisetas que serão utilizadas pelos alunos da APAE Cinquentenário no desfile de encerramento do 4º Festival Especial - Inclusão Pela Arte. A oficina e o desfile têm a direção do artista Pepe Pessoa. (Porthus Junior/Agênciua RBS)
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

– Eu já tive experiência tocando para outros projetos sociais e envolvendo minorias, mas aqui foi bem diferente. Rola um afeto muito grande, eles valorizam muito as pequenas coisas. É uma experiência súper recomendável para todo mundo, principalmente artistas. 

Aberto à comunidade, o desfile ocorre em dois horários (9h e 14h) e terá a participação de grupos de canto, dança e percussão da Apae, atores fantasiados de animais, trilha sonora exclusiva para o evento, festa com DJ, brinquedos infláveis e a garantia de muita emoção e diversão.


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros