Búzios, no Rio, é uma boa opção para quem quer praia e badalação na baixa ou na alta temporada - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Turismo07/12/2018 | 17h05Atualizada em 07/12/2018 | 17h05

Búzios, no Rio, é uma boa opção para quem quer praia e badalação na baixa ou na alta temporada

Além das praias, o destino é lembrado pela charmosa Rua das Pedras

Búzios, no Rio, é uma boa opção para quem quer praia e badalação na baixa ou na alta temporada José Augusto Barros/Agência RBS
Foto: José Augusto Barros / Agência RBS

Em qualquer temporada, Búzios é uma atração das mais procuradas no Rio de Janeiro. Seja na chamada baixa temporada, que vai de meados de setembro até o dia 25 de dezembro, como na alta, que começa depois do Natal, as praias da região atraem os mais variados tipos de bolso. Se, por um lado, neste período o turista pode curtir Búzios com o bônus de não enfrentar intermináveis filas em restaurantes ou pagar mais caro na hospedagem, na alta, é possível desfrutar de atrações nacionais nas casas noturnas da região, como Saulo, ex-vocalista da Banda Eva, e MC Marcinho, que fazem shows na virada do ano em baladas de Búzios. 

Além das praias, o destino é lembrado pela charmosa Rua das Pedras. Com seu comércio fervilhante e muitas opções de restaurantes, o local é opção certeiras durante as noites. Além de opções de baladas, como a conhecida Privilège, a região é farta em restaurantes e bares, vários com música ao vivo. Um dos detalhes mais interessantes é que os restaurantes e bares de Búzios atendem os mais variados bolsos. Desde os mais requintados, com a refeições, em média, a R$ 100 por pessoa, até intermediários, onde é possível comer uma pizza, para duas pessoas, a R$ 50, até chegar aos chamados pratos feitos, em simpáticos e pequenos restaurantes, que saem a cerca de R$ 20.

Búzios conta com uma ótima rede hoteleira, com opções de luxo até albergues. Eu me hospedei no Casas Brancas Hotel-Boutique & SPA, que fica na Orla Brigite Bardot. A história do hotel começou a ser contada em 1974, sob o comando de Amalia e Affonso, quando o balneário era ainda uma pequena vila de pescadores. Hoje administrado pelos sócios Luisa de la Maria Montenegro e Santiago Bebianno, filhos do casal fundador, o hotel com 32 suítes é uma das opções mais luxuosas para quem quer se hospedar na região. Bem no alto do Morro Humaitá, próximo da Rua das Pedras, o local é inspirado em casas da ilha Santorini, na Grécia, e conta com o Deck, bar e pizzaria à beira mar, e o restaurante 74, inaugurado em 2015. O menu especial é desenvolvido pelo chef argentino Gonzalo Vidal, do 74 Restaurant.

búzios, foto para o caderno viagem.
Foto: José Augusto Barros / Agência RBS

Cardápio de praias: confira algumas das principais praias de Búzios.

Ferradurinha 

Para chegar à Ferradurinha, além de deparar com um visual de paraíso, o turista tem um bom "problema", pois pode descer na praia de Geribá, dar uma caminhada, ou corrida, de cerca de dois quilômetros, usar um pequeno desvio, devidamente sinalizado, de mais cinco minutos de caminhada, até chegar na Ferradurinha. O nome vem do formato da praia, que parece uma pequena Ferradura. Ferradurinha, aliás, é outra praia preferida pelos fluminenses, pelo fato de ser mais reservada, com pouco espaço de areia e lotar menos no verão e na baixa temporada.

Porém, é interessante que o turista se previna quando for consumir em Ferradurinha, que tem alguns preços mais salgados do que em outras praias. Uma água de coco, por exemplo, custa, em média, R$ 5. Já uma cerveja, R$ 7.

Ferradura 

Outra praia boa para quem viaja com a família. Com uma boa extensão de areia, a Ferradura tem mar calmo, areias brancas e é ideal para quem curte práticas em alto mar, como windsurfe e stand-up paddle, por exemplo.

Geribá

Para muitos fluminenses, é a melhor praia de Búzios. Geribá tem uma extensa faixa de areia de cerca de dois quilômetros e um mar quase sem ondas, o que faz a alegria de veranistas que curtem viagens com a família. Ao longo da praia, é possível encontrar boas pousadas e alguns restaurantes, além de quiosques e barracas para petiscar por ali mesmo.

Azeda

Uma das praias de acesso mais facilitado _ saindo da Orla Brigite Bardot, são pouco mais de 10 minutos de caminhada. Com águas calmas e transparentes, o trajeto segue até o topo de um pequeno morro onde há uma escadaria de madeira que da acesso a praia, uma das mais belas vistas de Búzios. Ao final da praia, um caminho curto e fácil de ser percorrido a pé leva o turista à pequena praia da Azedinha _ uma das menores da região, que tem um movimento bem tranquilo na baixa temporada.

Tartaruga

Outra praia muito procurada por cariocas, a Tartaruga consegue manter um certo ar rústico, por ter alguns quiosques de maneira e é uma bela opção para quem quer curtir uma praia em família, principalmente pelo fato de o mar ser bem calmo. Um dos diferenciais da Tartaruga. que tem cerca de um quilômetro de areia, é o fato de não ter casas ou hotéis obstruindo a paisagem para a natureza. praia tem 1 km de faixa de areia.

Estrela da cidade

Brigite Bardot é um caso à parte em Búzios. Na orla que leva seu nome, em uma continuação da Rua das Pedras, foi construída uma estátua em 1999, uma homenagem à atriz francesa responsável por popularizar Búzios no Exterior, depois de passar quatro meses na então quase deserta cidade, em 1964. 

Grande símbolo sexual dos anos 1950 e 60, Brigitte desembarcou pela primeira vez no balneário em 13 de janeiro de 1964. Em busca de sossego, ela e o noivo, o marroquino Bob Zagoury, que vivia no Rio de Janeiro, hospedaram-se na casa do representante das Nações Unidas no Brasil André Mourasieff, em Manguinhos. Durante os quatro meses, Bardot passeou pelo local e viveu como se fosse uma típica buziana. Conforme moradores, a partir daí, a cidade começou a atrair a atenção da imprensa nacional e internacional e, consequentemente, dos turistas. Até o nome do cinema da cidade, o charmoso e pequeno Gran Cine Bardot, que recebeu o Festival de Cinema de Búzios, de 23 a 25 de novembro, é uma homenagem à estrela.

Como chegar

:: Em média, de Uber, descendo no Aeroporto Santos Dumont, o turista gasta, em média, R$ 340 reais. Um transfer particular, de Búzios, cobra em torno de R$ 500.

:: De ônibus: da Rodoviária Novo Rio, com mais de dez saídas diárias, saem ônibus para a cidade, a um preço médio de R$ 58, em uma viagem que dura cerca de três horas.

Leia também:
Lateral-direito e zagueiro, Eduardo Grasson é novo reforço do Caxias
Clínica estética inaugura filial na Serra

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros