Frei Jaime: um ato de coragem - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Opinião14/11/2018 | 05h00Atualizada em 14/11/2018 | 05h00

Frei Jaime: um ato de coragem

Os caminhos são os mais diversos, os encontros se alternam, o ser humano é único

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A claridade vai ocupando os espaços... é hora de recomeçar... Que esta quarta-feira, véspera de feriado, seja de muitas realizações... Paz no coração! 

"Coragem nem sempre é um rugido de leão. Às vezes, é o coração no final do dia dizendo: vou tentar de novo amanhã."

Leia mais
Frei Jaime: os caminhos da simplicidade
Frei Jaime: a oração e as ações 

A vida é um grandioso ato de coragem. Às vezes, a fragilidade tenta ocupar todos os espaços e a insegurança acaba se instalando. A cada instante é importante retomar a vida e dar o direcionamento certo. São muitos os sentimentos que tentam diminuir o entusiasmo e neutralizar a dinâmica da persistência. Pensar em desistir é algo comum e corriqueiro. Mas é muito importante ter clareza quanto à meta a ser alcançada e o sonho que deve ser embalado cotidianamente. A coragem nem sempre se apresenta como uma fortaleza. Em algumas situações, a coragem é tímida e muito discreta. 

No entanto, na hora de maior necessidade, ela se apresenta, reúne o que existe de melhor nas profundezas do ser e faz acontecer verdadeiras transformações. A coragem não é um simplesmente um ato racional. A coragem tem uma boa dose de afeto. O amor é o maior ato de coragem. Como faz bem deixar o coração assimilar a coragem e dizer para si mesmo: vou tentar de novo amanhã. Se os esforços de um dia não renderam os resultados esperados, no dia seguinte é possível recomeçar e acreditar que tudo poderá certo. 

Nenhuma derrota deveria ser levada para a nova jornada que desponta, quando a escuridão cede lugar para a claridade. Fazer várias tentativas não é tempo perdido, mas aumento das chances de acertar. Pessoas corajosas se escondem, muitas vezes, por de trás de atitudes simples, de palavras serenas, de gestos harmoniosos. A coragem não necessita do vigor físico, mas da determinação e da disposição de retomar os propósitos, independentemente da quantidade de tentativas já feitas. Que a vida seja o somatório de muitas tentativas, com a tonalidade de quem não abre mão de recomeçar, a cada amanhecer. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!       

Leia também
3por4: Ilustrador Luan Zuchi lança gibi em Flores da Cunha, nesta terça
Agenda: Mostra de Cinema Argentino segue com programação nesta terça, no UCS Cinema
Agenda: Tum Tum Instrumental recebe o pianista André Mehmari, no domingo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros