Frei Jaime: entre pensamentos e sentimentos - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião03/11/2018 | 05h00Atualizada em 03/11/2018 | 05h00

Frei Jaime: entre pensamentos e sentimentos

O desejo de viver conscientemente é uma busca que desconhece interrupção

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O sábado é sempre bem-vindo... um misto de serenidade e de paz invade a alma, ofertando alegria e esperança... Viver sempre é confortável e empolgante... Nenhum problema é capaz de roubar o desejo de viver... 

"A última das ilusões é achar que as perdemos todas." (Maurice Chapelan). 

O desejo de viver conscientemente, com os pés firmes no chão e com o coração leve, é uma busca que desconhece interrupção. A vida é muito maior do que as ações diárias. Enquanto o intelecto processa considerável quantidade de informações, as profundezas do ser buscam e clamam por ternura e amor. De um jeito ou de outro, todos necessitam lidar com as carências que, na maior parte das vezes, tentam esvaziar a alma e 'bagunçar' os sentimentos. O coração humano é capaz de carregar consigo um pouco de cada coisa.

Sempre tem um espaço para a retidão e, às vezes, até para a contradição. No campo afetivo, o aprendizado precisa ser contínuo, pois os sentimentos nem sempre se acomodam. O que uma pessoa sente nunca envelhece. O próprio amor não se extingue, apenas se apresenta de diversas formas, com um sentir diferenciado em cada etapa da vida. Ter e vivenciar ilusões é uma das características do ser humano. Permitir que as ilusões tomem conta, é quase uma irresponsabilidade. É bem provável que até os últimos instantes da vida, alguns devaneios se manifestem. Ainda bem que a racionalidade está sempre atenta e não permite exageros. Ter ilusões não é, em si, um problema. 

A vida se torna difícil quando a pessoa tem ilusões e não tem os pés no chão. Os sonhos são livres, os pensamentos não aceitam certos limites e as ilusões fingem não ocupar espaço. No final de tudo, permanecerá o bom senso, o desejo ardente que tudo se acalme, a esperança capaz de acenar para outras direções e a certeza de que o melhor se apresenta na hora certa. As ilusões acompanham aqueles que não aceitam abafar sentimentos, mas que permanecem sempre atentos ao equilíbrio, construindo belas sínteses emocionais. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!     

Leia também
Projeto RAPajador mistura hip hop e cultura gaúcha em Caxias
3por4: novas obras de Vivi Pasqual estarão expostas em Caxias a partir do dia 13

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros