Confira um papo com Zezé Di Camargo e Luciano no camarim do UCS Teatro, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Música08/11/2018 | 22h24Atualizada em 09/11/2018 | 08h51

Confira um papo com Zezé Di Camargo e Luciano no camarim do UCS Teatro, em Caxias

Dupla falou sobre o retorno a Caxias e a relação com os fãs

Confira um papo com Zezé Di Camargo e Luciano no camarim do UCS Teatro, em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Como sempre fazem onde se apresentam Brasil afora, Zezé Di Camargo e Luciano receberam os fãs no UCS Teatro, em Caxias do Sul na noite desta quinta-feira, com a turnê Romântico Demais. Um ritual que se repete em cada local por onde passam, reafirmando o título de uma das duplas sertanejas mais queridas do Brasil. A professora Marenice Zambarda, 50, veio de Santa Cruz do Sul especialmente para ver os irmãos goianos. Era a primeira da fila de aproximadamente 30 pessoas que se formou na porta do camarim cerca de uma hora e meia antes do início do espetáculo.

— Estou muito emocionada. Ganhei o ingresso de presente da minha irmã, que mora em Caxias e fez uma surpresa. A história deles sempre mexe comigo — lembrou, enquanto aguardava para ser chamada.

Leia mais
Com ingressos esgotados, Zezé Di Camargo & Luciano se apresentam em Caxias do Sul nesta quinta

Um a um, os fãs foram entrando para registrar em foto seu carinho pelos artistas. Admiração que alguns materializaram em bilhetes e flores, como um grupo de mulheres "uniformizadas" com uma camiseta onde se lia "Zezetes Gaúchas", que presentearam os cantores com rosas amarelas e vermelhas.

— Lembro que o primeiro show aqui (em Caxias) foi em 1993, na Festa da Uva, e, desde então, a gente nunca deixou de estar aqui. É uma região que a gente gosta demais e espero voltar milhões de vezes — disse Zezé ao Pioneiro, revelando um item que não pode faltar no camarim: frango com quiabo.

Antes de Zezé, a reportagem já havia conversado com Luciano a respeito da trajetória de 27 anos da dupla:

— A gente olha com muita satisfação. É uma história de vitória, 27 anos entre as músicas mais tocadas no Brasil. A gente costuma brincar que não temos fãs. Temos uma torcida. Onde vai Zezé Di Camargo e Luciano o público é garantido. Já ultrapassou essa coisa de artista-fã. Virou uma família. E quando você faz um retrospecto da carreira, a gente enxerga com muita glória, com muita bênção.

Um detalhe que chamou a atenção foi o fato de os irmãos não receberem os fãs nem concederem entrevistas juntos.

Confira a entrevista com Luciano:

Veja o papo com Zezé Di Camargo:


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros