Mostra no Museu dos Capuchinhos, em Caxias, reconta história polonesa - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Exposição24/10/2018 | 09h00Atualizada em 24/10/2018 | 10h02

Mostra no Museu dos Capuchinhos, em Caxias, reconta história polonesa

Formada por 28 painéis com textos e fotos, exposição segue até 8 de novembro

Mostra no Museu dos Capuchinhos, em Caxias, reconta história polonesa Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Novembro de 1918. O armistício que pôs fim aos cinco anos de conflito da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) também resultou em clima de euforia nas principais cidades da Polônia: após 123 anos de dominação estrangeira, o país do leste europeu reconquistava sua independência. O centenário desse episódio é celebrado na exposição itinerante A to Polska Wlasnie: E isso é a Polônia!, em cartaz no Museu dos Capuchinhos (Muscap), em Caxias, até 8 de novembro.

Realizada em parceria com a Braspol, organização que reúne descendentes de poloneses, a mostra é formada por 28 painéis que buscam traduzir 11 séculos de história: da formação do território à Polônia contemporânea. Organizados em três eixos — história, geografia e arte —, os trabalhos já foram expostos em diversas cidades gaúchas, como Veranópolis, Nova Prata, Ijuí e Passo Fundo.

Além dos painéis, o Museu dos Capuchinhos também exibirá objetos pessoais que pertenceram aos freis Alberto Stawinski (1909-1991) e Adão Urbano Koakoski (1924-2010), ambos descendentes de poloneses. A curadoria é do historiador Cláudio Costa, que vê na exposição uma oportunidade de revelar uma Polônia para além de episódios trágicos, como a ocupação nazista e a repressão à população judaica no Gueto de Varsóvia. 

— Muita gente não conhece a história da Polônia e só toma conhecimento desse país a partir do sofrimento causado pela Segunda Guerra Mundial. Portanto, o objetivo da exposição é justamente mostrar que a Polônia vai muito além disso. Trata-se de uma história antiga que não se resume em guerra e sofrimento — afirma o curador.

Na mesma linha, Iraci José Marin, membro da Braspol em Caxias do Sul, ressalta que a exposição é aberta a todos os públicos — não apenas aos descendentes de poloneses:

— Embora a imigração italiana tenha sido mais numerosa aqui na região, não podemos esquecer que também tivemos imigrantes poloneses. No entanto, a exposição é válida para todos que querem conhecer mais detalhes dessa história e esses painéis trazem um passo a passo de forma bastante atraente para o público.

PROGRAME-SE
O quê:
exposição itinerante A to Polska Wlasnie: E isso é a Polônia!
Visitação: até 8 de novembro. De segunda a sexta, das 08h às 11h30min; sábados e domingos, mediante agendamento.  
Onde: Museu dos Capuchinhos (Rua General Mallet, 33), em Caxias do Sul.
Quanto: entrada gratuita.
Informações: pelo telefone (54) 3220-9565.

Leia também:
Na cozinha: no mês das crianças, aprenda a fazer milk shake de baunilha
Agenda: curtas "O Vizinho" e "Ego Sum" serão exibidos nesta quarta, no Ponto de Cultura Casa das Etnias
3por4: Jackson Machado lança nesta quinta o clipe de "Fama de Louco"

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros