Frei Jaime: um significativo aprendizado  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião 24/10/2018 | 06h20Atualizada em 24/10/2018 | 06h20

Frei Jaime: um significativo aprendizado 

Amar viver é a base e o princípio de tudo

Bom Dia! O sono é sempre insistente, mas o relógio indica que é hora de retomar o ritmo da vida e colocar-se a caminho... viver é recomeçar... que este dia reserve um bom espaço para a alegria! Deus no coração: que companhia privilegiada! Vamos lá! 

"O que nos diferencia uns dos outros é o quanto amamos a vida." (Pe. Fábio de Melo). 

Leia mais:
Frei Jaime: deixar quieto
Frei Jaime: nossas promessas

O amor à vida é intrínseco ao ato de existir. Amar viver é a base e o princípio de tudo. As maiores conquistas são desenhadas e encaminhadas na sinceridade de um coração que sabe amar. A diferença entre as pessoas se dá justamente na intensidade e na seriedade do compromisso para com o amor. Manifestar mais ou menos amor é uma escolha pessoal, uma decisão que traz presente a essência, descortina  e manifesta a própria personalidade. Num tempo de excessiva velocidade, o amor nem sempre norteia as posturas e as escolhas. Não é difícil constatar que as pessoas estão economizando amor e facilmente transbordando indiferença. Sem falar que a intolerância está cada vez mais comum no cotidiano, onde muitos parecem estar  sempre armados. 

A preocupação para com a vida normalmente privilegia o aspecto material, em detrimento do afetivo e do espiritual. O desejo de acumular coisas, se não controlado, é capaz de empobrecer a existência. Capacitar para o amor deveria fazer parte da educação familiar e do ensino formal. Pois preparar para a vida nada mais é do que possibilitar a tomada de consciência diante do essencial: amar e ser amado. Tem muita diferença entre uma pessoa que ama e outra que pouco se importa com aqueles que estão ao seu lado. O individualismo reduz o amor ao interesse. Não são poucos os que permanecem próximos enquanto necessitam, depois tomam distâncias quilométricas. 

O mundo carece daquela sensibilidade, que é capaz de equilibrar ternura e vigor. O aprendizado do amor poderá oportunizar maior qualidade de vida, relações humanas mais serenas e alegres. O amor equilibra o peso dos dias e a exigência de determinadas tarefas, ofertando serenidade e paz. Saber amar é o grau mais elevado da inteligência. Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!  

Leia também:
Quarta-feira será de tempo firme e temperaturas amenas 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros