Frei Jaime: renovar a alegria e a felicidade  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião 27/10/2018 | 07h00Atualizada em 27/10/2018 | 07h00

Frei Jaime: renovar a alegria e a felicidade 

A cada dia que passa, mais avanços são incorporados ao cotidiano

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

 Bom Dia! O sábado amanhece com o toque da serenidade... a calma convida à normalidade... a vida precisa de leveza e de paz... Que o descanso e a convivência renovem a alegria e o desejo profundo de felicidade! 

“Na dúvida do que é certo e errado, basta pensar no que não gostaria que fizessem a você. Coloque-se no lugar do outro, sempre.” 

Leia mais:
Frei Jaime: o fio condutor
Frei Jaime: algumas portas 

A cada dia que passa, mais avanços são incorporados ao cotidiano. As novas tecnologias vão modificando e qualificando a vida. Além de ser possível agregar mais anos, os sacrifícios estão, aos poucos, sendo substituídos por facilidades. Ganhos e perdas são computados, acréscimos e riscos ganham espaço nas tabelas de dados estatísticos. O saudosismo do ontem se contrapõe com a virtualidade, que praticamente invadiu o hoje. Porém, os ajustes mais urgentes ainda se concentram no campo do comportamento humano. 

O ideal de ser uma pessoa do bem, correta em seus atos, transparente em suas palavras, agradável no trato para com o próximo não tem encontrado receptividade em todos os corações. Muitos assumem posturas, independentemente se as mesmas impactarão negativamente nos demais. Colocar-se como centro, sem o normal cuidado para com os outros é algo que continua encontrando larga aceitação.

 A ‘regra de ouro’, isto é, colocar-se no lugar do outro, fazer o que gostaria que lhe fizessem, sempre será um brilho para a sustentação da qualificação das relações humanas. Estudos mostram que as pessoas mais insatisfeitas e infelizes são justamente aquelas que se colocam como centro das atenções. Pensar somente em si não é saudável e nem elegante. A felicidade se sustenta na dinâmica de dar e receber, amar para ser amado, ajudar para ser ajudado. É o próprio amor quem constrói o retorno, devolve sem efetuar cálculos. 

Antes de fazer alguma coisa para alguém, é estratégico colocar-se no lugar daquela pessoa. Muitas coisas deixariam de serem feitas, se o parâmetro fosse o que você não gostaria que fizessem para você. Imaginar-se no lugar do outro é um jeito simples e eficaz na construção da felicidade. Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!  

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros