Frei Jaime: acalmando o coração  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião 05/10/2018 | 06h21Atualizada em 05/10/2018 | 06h21

Frei Jaime: acalmando o coração 

 A constatação de que o mundo está sendo regido pela velocidade, não é de hoje

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br


Bom Dia! Os pássaros cantam saudando a claridade... Se todas as pessoas cantassem ao amanhecer, o mundo seria uma extensão do céu... Que esta sexta-feira, a primeira 6ª feira do mês, seja de muita paz... Que o nosso coração seja manso e humilde com o coração de Jesus! 

Te acalma, coração. Não precisa perder as horas acelerado.” (Matheus Rocha). 

Leia mais:
Frei Jaime: gestos de ternura
Frei Jaime: ouvir o silêncio

A constatação de que o mundo está sendo regido pela velocidade, não é de hoje. A impressão é que todos estão correndo, até mesmo aqueles que não sabem para onde ir. O formato de uma vida mais pacata, sem muitos compromissos e agitação, ficou no ontem do esquecimento. Por opção ou não, a grande maioria está sempre em movimento, mesmo permanecendo fisicamente no mesmo local. Por outro lado, as preocupações e os medos quase abalam o coração. Alguns já aprenderam como lidar com os dois universos: a interioridade e a exterioridade. 

O ambiente externo acaba sendo realmente agitado, mas o coração pode pulsar dentro da normalidade. Como aquietar o coração é um aprendizado que não tem manual, quanto muito alguns conselheiros. É maravilhoso quando alguém dialoga com o próprio coração: ‘te acalma, coração.’ Para provar a calmaria, há um longo percurso e a necessidade de uma quantidade razoável de horas. Muitos corações estão acelerados, acima da média permitida de batidas. Quanta energia desperdiçada, sem nenhum retorno. A vida parece suplicar por mais paz e serenidade. É evidente que algumas situações são exigentes, determinados problemas encolhem o ânimo e provocam lágrimas. Apesar de tudo, não faz bem acelerar o coração ou maltratá-lo, com angústias e exagerados sofrimentos. 

Tem gente que já aprendeu, outros vão levar muito tempo ainda, mas é importante fazer companhia para o próprio coração, ficar mais tempo com ele, abraçá-lo mais, escutá-lo atentamente. Acalmar o coração é uma tarefa diária, uma missão, o passo que antecede a alegria de viver. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!     

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros