Exposição no Centro de Cultura Ordovás é um mergulho na mente do artista Samuel Casal - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Exposição17/10/2018 | 08h00Atualizada em 17/10/2018 | 08h00

Exposição no Centro de Cultura Ordovás é um mergulho na mente do artista Samuel Casal

"Impressões Únicas de Matrizes Aleatórias" segue até o dia 4 de novembro

Exposição no Centro de Cultura Ordovás é um mergulho na mente do artista Samuel Casal Lucas Amorelli/Agencia RBS
Mostra conta com 30 obras e apresenta diversas etapas do processo criativo do artista Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Cruzar a porta de vidro que protege a entrada da Galeria de Arte do Centro de Cultura Ordovás, em Caxias do Sul, é como entrar na cabeça fervilhante de Samuel Casal, 44 anos. As cerca de 30 obras ali expostas conduzem o espectador a uma espécie de passeio pelo processo criativo do artista caxiense que se tornou referência em ilustração no país e no Exterior. Uma das mais recentes incursões de Casal pelo universo da xilogravura, técnica que começou a desenvolver desde 2003, Impressões Únicas de Matrizes Aleatórias é quase como uma narrativa. Quem visitar a mostra, em cartaz até 4 de novembro, terá a oportunidade de visualizar (e compreender) de perto um pouco da criação de cada peça, da matriz em MDF e compensado naval entalhados à obra finalizada, impressa em papel 100% algodão. Um processo semelhante ao que desenvolveu para a abertura da novela Velho Chico (2016), em parceria com o pintor Mello Menezes.

— Comecei minha carreira como ilustrador, e uma característica muito marcante do meu trabalho sempre foi a questão figurativa. De uns tempos pra cá, comecei umas pesquisas diferentes. Antes de fazer o trabalho da novela, já estava buscando um desenho mais primitivo, e a xilogravura tem muito disso — salienta Casal, que iniciou sua trajetória em 1990 na extinta Folha de Hoje e três anos depois migrou para o Pioneiro, onde permaneceu até 1998, antes de se mudar para Florianópolis, sua atual residência.

Impressões Únicas... é uma sucessão de construções, desconstruções e ressignificações por meio das quais o artista revela inúmeras possibilidades de uso para uma mesma matriz.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 16/10/2018Exposição Samuel Casal no centro de cultura Ordovás (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

— Tudo começa com matrizes grandes e, depois, com o desmembramento delas, começo a originar as outras menores. Daí começam a aparecer figuras mais humanas com grafismos. Depois existe uma reconstrução, e por aí vai. Digamos que (a exposição) seria uma recriação do processo criativo na cabeça do artista — explica.

É fundamental ressaltar que Casal foi um dos pioneiros no país no uso de tecnologias digitais para a produção de imagens. E foi com suas carrancas, caveiras e lobisomens que ele conquistou um público fiel e convites para expor em diversas galerias pelo mundo. A mostra no Ordovás é uma oportunidade única para conferir o trabalho do artista, que expõe pela primeira vez individualmente em sua cidade natal.

Visita guiada
No dia 5 de novembro, às 10h, Samuel Casal realizará uma conversa e uma visita guiada pela exposição. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas até o dia 1º de novembro pelo e-mail uniartes@caxias.rs.gov.br.

PROGRAME-SE
:: O quê:
exposição Impressões Únicas de Matrizes Aleatórias, de Samuel Casal.
:: Quando: até 4 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 22h, e nos finais de semana e feriados, das 16h às 22h. Para grandes grupos e escolas é necessário um agendamento prévio pelo uniartes@caxias.rs.gov.br.
:: Onde: Galeria de Artes do Centro de Cultura Ordovás (Rua Luiz Antunes, 312), em Caxias do Sul.
:: Informações: (54) 3901-1316.
:: Quanto: entrada gratuita.

Leia também
Exposição "Entre---Tecer" reúne trabalhos de oito artistas de diversas cidades gaúchas
Festival Internacional de Teatro de Bonecos de Canela comemora 30 anos com programação gratuita
Agenda: Luiza Possi apresenta espetáculo Piano & Voz no UCS Teatro, em Caxias

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros