26º Bento em Dança começa neste sábado - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Arte03/10/2018 | 08h14Atualizada em 03/10/2018 | 08h45

26º Bento em Dança começa neste sábado

Festival chegou a ter seu fim anunciado, porém a partir de parceria firmada com o CIC de Bento Gonçalves, a entidade garantiu investimento para a continuação do evento

26º Bento em Dança começa neste sábado Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Na abertura da edição do ano passado, em outubro, a presidente e idealizadora do Bento em Dança, Erci Grapiglia, anunciou que aquela seria a última edição de um dos mais expressivos festivais de dança do país. A justificativa era a falta de incentivo financeiro para o evento que, mesmo contando com financiamento da Lei Rouanet, ficou inviável. A edição de 2017 custou cerca de R$ 500 mil, segundo a organização. Mas em março deste ano, o Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC) firmou uma parceria com o Bento em Dança e garantiu investimento para a continuação do evento realizado na cidade desde 1993. A prefeitura do município, desde a edição passada, suspendeu a verba e apoia apenas com serviços de logística.

_ É muito difícil trabalhar com cultura na nossa região, por isso sou muito grata à sensibilidade que o CIC teve. A gente vai seguir enquanto tivermos apoio _ afirma a presidente e idealizadora da iniciativa.

O 26° Bento em Dança, então, se inicia no próximo sábado no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Durante oito noites de espetáculo, quem passar pelo espaço montado na Fundaparque poderá conferir coreografias de balé, jazz, dança contemporânea, urbana, sapateado e folclórica. Em 2018, os melhores dançarinos do Bento em Dança serão premiados com bolsas de estudo em escolas na Itália, Estados Unidos, Portugal e também no Brasil. Para julgar as apresentações, 11 especialistas foram convocados, como Cícero Gomes, primeiro bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e Claudia Zaccari, primeira bailarina da Ópera de Roma. Os jurados também ministrarão oficinas aos dançarinos durante os dias de festival.

Erci não sabe estimar quantos bailarinos devem participar da edição de 2018, mas afirma que, desde 1992, quando o Bento em Dança foi criado, mais de 150 mil dançarinos participaram das competições e oficinas. Artistas de mais de 20 países participaram da programação, que se tornou destino indispensável para a comunidade da dança de todo o país.

_ O Bento em Dança é muito importante não só para Bento, mas para todo o Estado. Ele funciona como uma incubadora de talentos_ reforça a coordenadora artística do festival, Bárbara Rey.

PROGRAME-SE
O quê: Festival Bento em Dança.
Quando: de sábado até o dia 13, sempre a partir das 18h.  
Onde: Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves (Alameda Fenavinho, 481).
Quanto: ingressos custam R$ 20 por dia, à venda no local. Estudantes e idosos pagam meia. 

MAIS
Oficinas
Confira a programação dos workshops no link https://bit.ly/2xPfL4A.

Leia também:
3por4: Instituto Cultural Taru, em Caxias, recebe oficina de contação de histórias
Netflix pode lançar episódio interativo de Black Mirror 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros