Saiba tudo sobre a tuberculose ganglionar, problema que afastou a cantora Simaria dos palcos - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Saúde21/09/2018 | 13h41Atualizada em 24/09/2018 | 11h43

Saiba tudo sobre a tuberculose ganglionar, problema que afastou a cantora Simaria dos palcos

 De acordo com o infectologista Eduardo Sprinz, esse é um tipo de doença que afeta os gânglios 

Saiba tudo sobre a tuberculose ganglionar, problema que afastou a cantora Simaria dos palcos João Cotta/TV Globo/Divulgação
Foto: João Cotta / TV Globo/Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A cantora Simaria, da dupla Simone e Simaria, anunciou nesta semana que precisará se afastar novamente dos palcos por causa de sua saúde. Entre abril e agosto, ela já havia paralisado a carreira para cuidar de uma tuberculose ganglionar. De acordo com o infectologista Eduardo Sprinz, esse é um tipo de doença que afeta os gânglios, cuja bactéria atuante é a mesma que caracteristicamente acomete os pulmões. O tipo ganglionar de manifestação da enfermidade, no entanto, não é considerado comum.   

_ De uma forma ou de outra, para a pessoa vir a ter esse tipo de tuberculose, alguma coisa com o sistema imunológico dela não foi bem. E isso pode ser só uma grande desnutrição, um estresse contínuo, ou até mesmo o uso de medicamentos que façam com que as defesas caiam _ explica o professor da faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). 

Sintomas 
Os sintomas da doença podem diferenciar da tuberculose tradicional devido à existência de pequenos caroços que aparecem embaixo da pele, chamados ínguas.  

_ Geralmente, essa íngua acontece no pescoço ou na região do pescoço. Ela pode ter dor local e pode vir a ter emagrecimento e febre _ explica o consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia.  

Tratamento 
Durante seis meses, é necessária a ingestão de medicamentos antibióticos que atuarão em diferentes processos de crescimento e multiplicação da bactéria responsável pela doença. 

Risco menor de transmissão 
De acordo com o infectologista, nesse tipo de tuberculose o risco de transmissão é menor. Ao contrário da enfermidade pulmonar, transmissível por tosse, espirro e fala, a tuberculose ganglionar só se espalha com a ocorrência de contato direto com a lesão. 

Volta à rotina
Se o paciente tiver melhora clínica, pode voltar às atividades cotidianas assim que apresentar evolução nos sinais dos sintomas.  

Prevenção
Não há uma recomendação específica de como se previr da doença. É importante, no entanto, manter a imunidade do organismo alta, com adoção de dieta equilibrada e repouso, dificultando a ação de micro-organismos que possam provocar a enfermidade. 

Leia também:  
Manter a casa organizada tornou-se primordial para levar uma vida mais leve
3por4: músico caxiense Paulinho Cardoso, faz abertura do show de Andrea Bocelli neste domingo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros