Saiba mais sobre os diferentes tipos de chás e seus benefícios - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Cultura oriental21/09/2018 | 16h50Atualizada em 24/09/2018 | 10h16

Saiba mais sobre os diferentes tipos de chás e seus benefícios

Sommelier Jaqueline Roma esteve em Caxias para ministrar uma oficina e degustação da bebida na última semana

Saiba mais sobre os diferentes tipos de chás e seus benefícios Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Sabe quando tu descobres que foi enganado ao longo de toda a vida ao descobrir algo chocante, como o menino d’O Rapto do Menino Dourado ter sido interpretado por uma menina? Foi mais ou menos essa a reação que os participantes de uma oficina de chás com a sommelier Jaqueline Roma, capixaba radicada em Carlos Barbosa, que alertou que a maior parte das bebidas consumidas no Brasil não são, de fato, chás, mas sim infusões de plantas e ervas (sendo algumas das mais comuns as que são feitas de camomila, macela, boldo e hortelã, por exemplo). 

O verdadeiro chá é feito de uma única planta a Camellia sinensis, um arbusto descoberto na China em 2750 a.C. (por ser também infusionado, pode-se dizer que todo chá é uma infusão, mas nem toda infusão é um chá). Os diferentes tipos de chá se dão pelos diferentes processamentos pelos quais passam as folhas de Camellia sinensis, que no Brasil é muito cultivada pela colônia japonesa em São Paulo. Alguns tipos são bem comuns no nosso país, outros são quase exclusivamente chineses. Além dos chás e infusões, existem os blends, que são a mistura dos chás com outros componentes que diversificam o aroma e o sabor. 

Saborosos e muito benéficos para a saúde, os chás são grandes aliados no tratamento e na prevenção de diversos males. A seguir, confira algumas dicas de Jaqueline Roma: 

Tipos de chá
Chá branco:
feito com as folhas jovens secas ao sol, é o chá que sofre o menor processamento, porém é mais caro por precisar de maior quantidade de brotos para ser feito. De gosto bastante suave, é comumente degustado gelado. Por ter menos cafeína, pode ser consumido a qualquer hora do dia. Harmoniza bem com alimentos mais leves e frescos, como arroz, saladas e sobremesas de limão e laranja.
Temperatura ideal :75ºC a 85ºC, 3 a 5 minutos

Chá verde: famoso por ajudar na perda de peso, também é um aliado para diminuir a pressão e o colesterol. Tem um sabor bem fresco e pode ser misturado com limão, mel e gengibre, tanto juntos quanto separados. Temperatura ideal: 70ºC a 80ºC, 1 a 2 minutos.

Chá amarelo: raro no Brasil, é produzido por poucos produtores na China, onde é conhecido por ser servido à corte imperial. É um chá leve para o estômago, que passa por um processo de torra de até três dias em carvão vegetal, embrulhado em tecido. Tem um sabor que remete ao chá verde, porém mais intenso.
Temperatura ideal: 70ºC a 80ºC, 1 a 2 minutos

Oolong: chá cuja oxidação fica entre 20% e 30%. Também é pouco conhecido no Brasil, traz os mesmos benefícios para a saúde que os chás verde e branco, porém tem mais cafeína. Harmoniza bem com sobremesas doces e com queijos.
Temperatura ideal: 75ºC a 95ºC, 5 minutos

Pu-erh: trata-se de um chá fermentado, que passa por um processo de envelhecimento semelhante ao do vinho. Apresenta um aroma úmido e terroso, remetendo um pouco ao mofo. Tem um sabor denso e amadeirado.
Temperatura ideal: 80ºC a 100ºC, 2 a 4 minutos

Benefícios para a saúde:

— As folhas de chá possuem flavonoides que ajudam na prevenção de doenças cardiovasculares e também a auxiliam a retardar o envelhecimento.

— Possuem substâncias como polifenóis, antioxidantes que desaceleram o ritmo da absorção da cafeína, e taninos, que possuem propriedades cicatrizantes e antidiarreicas.

— São ricas em sais e minerais, bons para os ossos, cérebro e coração: flúor, cálcio, zinco, potássio e magnésio.

— Outro composto químico importante é a L-teanina, aminoácido anti-estresse que aumenta a atividade cerebral e melhora o foco mental. 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros