"Insurgente", quinto livro de José Otavio Carlomagno, será lançado neste sábado - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Literatura21/09/2018 | 08h17Atualizada em 21/09/2018 | 08h17

"Insurgente", quinto livro de José Otavio Carlomagno, será lançado neste sábado

A nova obra tem como tom a rebeldia

"Insurgente", quinto livro de José Otavio Carlomagno, será lançado neste sábado Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O escritor José Otavio Carlomagno lança neste sábado, às 16h, no Instituto Cultural Taru, a quinta obra de sua carreira. Insurgente reúne poesias que discutem assuntos relacionados às sutilezas da vida, do ambiente, da sociedade e da própria escrita. As publicações anteriores, Bodas de Ouro (2001), Antropologia de Mim (2011) e Desacreditações Recreativas (2012) e Feito Fora de Casa (2014) diferem da temática da nova obra, que tem como tom a rebeldia. Ao observar com olhar atento, cheio de perspicácia cenas comuns do dia a dia, como os carros que passam sob um viaduto ou o pó criado pelos cupins na madeira, Carlomagno cria versos marcantes com uma pitada de sátira. A obra, conta o escritor, começou a ser produzida em 2015, mas ficou em segundo plano por um tempo. Agora, garante, está como desejou.

- Acho que o que mais gosto mesmo é essa pegada insurgente. É um livro que tem um caráter bem contestatório - reflete o autor, nascido em São Paulo, mas residente de Caxias há 16 anos.

CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 18/09/2018. Escritor José Otavio Carlomagno lança Insurgente quinta obra de sua carreira neste sábado. (Porthus Junior/Agência RBS)
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Composto por 77 poemas, todos eles sem título, Insurgente dá margem para a imaginação fluir e também dá uma chance ao leitor de criar conexões com a atualidade. Em diversos momentos, o autor faz uso de imagens da natureza e brinca com a palavra que dá título à publicação, rebelde. Engenheiro agrônomo de formação, Carlomagno confessa nunca ter se imaginado como escritor. Porém, desde que começou a escrever em 1999, afirma ter grande conexão com os poemas que escreve: 

- O que mais gosto na poesia é que ela começa aqui termina ali. Às vezes, olho um poema que escrevi e fico feliz de ver que deu certo - diz, orgulhoso.

O livro tem 95 páginas e é publicado pelo selo Quatrilho Editorial, da editora Belas-Letras. O preço de lançamento é R$ 30. Outros títulos do autor também estarão à venda no local do lançamento, no bairro São Pelegrino.

Analogias

Uma das poesias preferidas de Carlomagno, que está em Insurgente, tem todo um significado e faz diversas analogias: no texto, a margarida pode ser entendida como uma pessoa extrovertida, enquanto o lírio, por ser profundo, trata-se de uma pessoa introvertida. O poema, reproduzido abaixo, traduz a relação entre as duas flores:

"Não há diálogo possível
entre
a margarida e o lírio,
pois a margarida
abertamente
expõe-se ao sol,
o lírio, porém, consterna-se
em seu cálice profundo"

Programe-se:
O quê:
lançamento do livro de poesias Insurgente, de José Otávio Carlomagno.
Quando: sábado, às 16h.  
Onde: Instituto Cultural Taru (Rua La Salle, 933), em Caxias.
Quanto: o livro estará à venda por R$ 30.
Informações: pelo telefone (54) 3215-1035.

Leia também:
Agenda:  Mississippi Delta Blues Bar recebe banda Barba & Blues, neste sábado
3por4: curta premiado em Gramado será exibido em salas comerciais

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros