Frei Jaime: incêndios do coração  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião 22/09/2018 | 06h18Atualizada em 22/09/2018 | 06h18

Frei Jaime: incêndios do coração 

omo faz bem silenciar externamente para encontrar-se internamente

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

 Bom Dia! O sábado é sempre muito aguardado... É maravilhoso sentir o pulsar da vida, reunir as melhores lembranças e renovar as forças, para dar conta dos desafios do cotidiano... Como faz bem silenciar externamente para encontrar-se internamente... Abençoado sábado! 

Enquanto você não se abraçar de verdade e apagar todos os incêndios do seu coração, você não terá paz. Não se esqueça: você é seu abrigo. Você é a sua cura.” (Matheus Rocha).

Viver é um ato leve, dinâmico e alegre. Ninguém deveria ser carente, pois carrega consigo as melhores respostas e a intensidade da ternura. O descuido com o emocional tem endurecido o coração e machucado a essência. Todos estão destinados à felicidade, que é uma construção lenta, às vezes complexa, mas sempre muito divertida. Não são poucos os que se tornam mendigos de migalhas de amor, achando que somente os outros poderão alcançar o que a interioridade mais precisa. Amar-se é uma tarefa que desconhece intervalos. 

Em alguns momentos a única saída é abraçar-se de verdade, para conter determinados incêndios do coração. A convivência é saudável, mas não são os outros que vão conseguir ofertar a serenidade, que tão bem faz à interioridade. Muitos perambulam pelas diferentes estradas do mundo, justamente por desconhecer o endereço do abrigo e da cura. Tudo poderia ser diferente se cada um fosse abrigo para si mesmo ou cura para as suas enfermidades existenciais. As pessoas se preparam para desempenhar tarefas e adquirir bens materiais. São poucos os que se ocupam com a vida e com seus mistérios. 

Apesar de todos os avanços científicos, muitos continuam indiferentes diante da inteligência emocional e espiritual. A liberdade proporciona imensos espaços, para que cada um faça suas escolhas. Apesar disso, a indiferença tem encontrado muitos adeptos que pouco ou nada entendem de incêndios do coração. Um dia, espera-se que não demore muito, as pessoas descobrirão que podem ser abrigo e cura para elas mesmas. 

Enquanto esse dia não chegar, convém debruçar-se sobre si mesmo através de longos diálogos e intermináveis abraços. Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!      

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros