Rafael Dambrós abre exposição "Corpo Santo" nesta terça-feira, no Campus 8 da UCS, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Arte28/08/2018 | 09h49Atualizada em 28/08/2018 | 09h49

Rafael Dambrós abre exposição "Corpo Santo" nesta terça-feira, no Campus 8 da UCS, em Caxias

Mostra é desmembramento de projeto cancelado em março

Rafael Dambrós abre exposição "Corpo Santo" nesta terça-feira, no Campus 8 da UCS, em Caxias Rafael Dambrós/Reprodução
Em 18 imagens, o artista aborda a questão da santidade e da humanidade Foto: Rafael Dambrós / Reprodução

"O que pode haver em comum entre Mateus, Judas, Francisco, Roque, eu ou você? A humanidade do corpo. Santos ou pecadores, por vezes certos, por outras errados, seres humanos vivem: cometem erros, cometem crimes, cometem amores. Feitos de carne, osso, tinta ou grafite, corpos reais ou idealizados, feitos para a sedução, seja ela física ou espiritual, representam a existência. Pode-se evitar o pecado, mas a santidade é alcançada por poucos."

As frases da curadora Silvana Boone são uma síntese de Corpo Santo, exposição de Rafael Dambrós que abre hoje, no Campus 8 da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Na mostra, o instinto criador do artista caxiense subverte a iconografia de anjos e santos, amparado em estudo desenvolvido através de pesquisa orientada pelo doutor em Arqueologia Paleo-Cristã Celso Bordignon. No total, são 18 obras produzidas com caneta esferográfica e grafite.

– O foco é trazer para o humano a questão da santidade e fazer um questionamento sobre a questão do corpo, dos nossos defeitos e qualidades. A princípio, são santos específicos, mas também são pessoas reais. Afinal, quem são os santos hoje? – reflete o artista Dambrós.

Corpo Santo é a ramificação de um projeto maior denominado Santificados. Previsto para ocupar o Centro de Cultura Ordovás em março deste ano, Santificados foi cancelado pela administração do espaço sob o argumento do "fechamento temporário do prédio para manutenção preventiva no transformador de energia que abastece o local". Na ocasião, o artista caxiense publicou um texto contra a censura em seu perfil em uma rede social. Outro desmembramento de Santificados foi a mostra ReLigare, aberta em junho por Dambrós em parceria com a artista Daniel Antunes.

Imagem da exposição Corpo Santo, do artista Rafael Dambrós.
São BartolomeuFoto: Rafael Dambrós / Reprodução

Quem for à galeria do Campus 8 verá, entre outras, uma releitura do momento em que São Francisco de Assis recebe as chagas do anjo. Em outro trabalho, um de seus favoritos da exposição, Dambrós retrata sua versão para Nossa Senhora das Dores.

– Foge muito do padrão porque é uma mulher gordinha. Normalmente trabalho com homens, padrão meio grego. Trouxe uma mulher gordinha que remete a um prazer meio de orgasmo – descreve.

Há ainda um autorretrato, ao qual Dambrós batizou como O Artista Criador:

– É uma obra incompleta, eu me construindo e o eu criador. Tem questões pessoais ali. Fiz uma pose que tem nesse processo de censura, de não me calar.

A exposição Corpo Santo integra a programação da Semana Acadêmica do Campus 8 da UCS.

Imagem da exposição Corpo Santo, do artista Rafael Dambrós.
Autorretrato "O Artista Criador"Foto: Rafael Dambrós / Reprodução

Programe-se
:: O quê:
exposição Corpo Santo, de Rafael Dambrós.
:: Quando: abertura hoje, às 19h. Visitação até 25 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h30min.
:: Onde: Galeria de Arte do Campus 8 da UCS (Av. Frederico Segala, 3.099, bairro Samuara).
:: Quanto: entrada franca.

Leia também
Agenda: Luiza Possi chega a Caxias do Sul em 19 de outubro para show no UCS Teatro
Agenda: Arquivo Municipal  promove nova edição do projeto "Uma Noite no Arquivo", neste sábado
3por4: Daniel de Oliveira relembra kikito de melhor ator que recebeu pelo filme "A Festa da Menina Morta", há dez anos
Discutindo questões do universo adolescente, "Ferrugem" conquista kikito de melhor filme em Gramado

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros