Duas das seis noites do Festival do Moscatel de Farroupilha estão com ingressos esgotados - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Turismo31/08/2018 | 15h28

Duas das seis noites do Festival do Moscatel de Farroupilha estão com ingressos esgotados

8ª edição do evento começa nesta sexta-feira

Duas das seis noites do Festival do Moscatel de Farroupilha estão com ingressos esgotados Porthus Junior/Agencia RBS
Farroupilha busca título de capital nacional do espumante moscatel Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A 8ª edição do Festival do Moscatel de Farroupilha começa nesta sexta-feira  e já está com os ingressos esgotados para duas das seis noites do evento, que deverá receber, ao todo, 3 mil visitantes. O festival ocorrerá nas noites de sexta e sábado nos próximos três fins de semana, começando sempre às 20h. As noites com ingressos esgotados são as do primeiro e do último sábado, dias 1º e 15 de setembro.

Serão recebidas até 500 pessoas por noite. O secretário de Turismo de Farroupilha, Francis Casali, relata que houve uma mudança em relação ao ano passado: uma das noites, que era no domingo, foi transferida para uma sexta-feira. Segundo ele, essa decisão foi tomada a partir de uma pesquisa com os visitantes, que pediram essa troca.

O Festival do Moscatel ocorre no Centro de Eventos Mario Bianchi, no Parque Cinquentenário, e consiste em um jantar com 40 rótulos de espumantes e vinhos finos, frisantes, sucos de uva e água. As bebidas são servidas por oito vinícolas de Farroupilha.  O cardápio elaborado pela chef Janete Canello é servido na forma de buffet e as noites têm apresentações musicais.

Os ingressos custam R$ 130 para as sextas-feiras e R$ 150 no sábado. As entradas podem ser adquiridas pelo e-mail turismo@farroupilha.rs.gov.br, telefone (54) 3261.6963 e site www.sympla.com.br.

Conforme Casali, a rede hoteleira de Farroupilha está lotada nos três fins de semana do evento. Segundo ele, 80% dos visitantes são de fora de Farroupilha e vêm de seis estados diferentes. 

O festival ocorre enquanto Farroupilha aguarda uma sanção do presidente Michel Temer para ser considerada a Capital Nacional do Moscatel, proposta que já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. Por não se tratar de matéria que vá ao plenário da Câmara, o texto segue diretamente para sanção do presidente.

Casali explica que dois fatores embasam a busca por esse título. Um deles é que Farroupilha é a maior produtora de uva moscato do país, com mais de 50% da uva produzida no município dessa variedade. Outro fator é que Farroupilha tem a indicação de procedência, concedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), de uma variedade específica de uva moscato. Esse subtipo, que ainda não foi batizado, é cultivado em uma área que faz limite com Caxias, incluindo o Vale Trentino e Monte Bérico, por exemplo.

Leia também:
Saiba quais são as principais atrações do MSC Seaview, o maior navio a navegar em águas brasileiras
MSC Seaview: conheça o maior navio a navegar em águas brasileiras

ong>

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros