Frei Jaime: quanto mais maduros - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião02/07/2018 | 08h40Atualizada em 02/07/2018 | 08h40

Frei Jaime: quanto mais maduros

Quanto mais maduros, menos ofendidos ficamos

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

O processo do amadurecimento bate à porta de todas as pessoas. Ninguém se transforma de um dia para outro. Através de diferentes ciclos, a vida vai avançando e oportunizando novos sentimentos, outras emoções, diferentes compreensões. 

A maturidade é simplesmente fantástica, pois proporciona uma visão mais ampla dos fatos, um entendimento realista, uma maior satisfação para com a própria trajetória. Numa determinada fase da vida é praticamente normal a pessoa se importar com pequenas coisas, machucar-se por nada, ficar de mau-humor, chatear-se. 

Conforme as experiências vão sendo acumuladas, a vida passa a ser compreendida com mais calma e maior serenidade. 

A maturidade parece criar uma maior resistência e uma significativa tolerância. 

Amadurecer é um processo que inspira crescimento e proporciona harmonia. Ofender-se por qualquer coisa em nada ajuda. Pelo contrário, quem se deixa atingir por coisas miúdas, perde a paz e deixa de vibrar com as surpresas diárias. 

Algumas pessoas se ofendem por nada, sofrem sem necessidade. É diferente a vida de quem releva e passa por cima de muitas coisas. 

Na relação humana é importante exercitar a surdez, a cegueira e o silêncio. Em certos momentos é estratégico agir como surdo, mudo e cego para salvar o essencial. 

Não são poucas as famílias que estão sempre em pé de guerra: multiplicam problemas, dão volume às confusões. Determinados ambientes de trabalho também se distanciam da paz, pois abrem espaços para a fofoca e intrigas. 

Ficar menos ofendidos é permanecer mais tempo na sintonia do amor. Que a maturidade alcance as alegrias que a vida tanto necessita.

Leia também
Bancos alteram horário de atendimento nesta segunda, por conta do jogo do Brasil
Transparência sobre recursos de emendas em Caxias do Sul pode se tornar lei
Consultor diz que Caxias do Sul poderia acelerar saneamento básico por meio da iniciativa privada
Parceria com iniciativa privada poderia acelerar saneamento básico em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros