Frei Jaime: o toque afetivo - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião25/07/2018 | 06h00Atualizada em 25/07/2018 | 06h00

Frei Jaime: o toque afetivo

Viver é uma descoberta diária, uma surpresa a cada amanhecer

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Os pensamentos vão sendo ordenados... A disposição é recuperada... o ânimo provoca alegria... a paz é sempre a melhor companhia! Vamos lá! Feliz quarta-feira! 

"Que os desafetos não me afetem e os afetos não me faltem." (Maíra Ferreira). 

Viver é uma descoberta diária, uma surpresa a cada amanhecer. As situações se alternam rapidamente, os sentimentos necessitam de administração, os momentos aguardam por um direcionamento. Simpatia e antipatia ocupam os mesmos espaços e nem sempre se harmonizam. A afetividade é capaz de verdadeiras transformações, pois ninguém vive serenamente sem um eficaz equilíbrio afetivo. Em tempos de muitas ferramentas de comunicação eliminando quilométricas distâncias, mesmo assim a carência afetiva alcança patamares elevadíssimos. Por incrível que pareça, os humanos estão conectados, mas continuam fragilizados. 

O afeto é capaz de verdadeiras façanhas, garantindo realizações incríveis. Através da afetividade, muitos corações foram curados, feridas enormes cicatrizaram, problemas insolúveis obtiveram bons desfechos. Estar bem afetivamente é alento para o corpo e também para a alma. A carência afetiva tem desequilibrado e machucado muitos corações, além de comprometer a eternidade de muitos sonhos. Muitas pessoas se desencontram justamente por não serem capazes de relevar determinadas situações, outras lutam diariamente para reerguer a autoestima e assimilar novas atitudes para dar continuidade à existência. 

A racionalidade construiu um itinerário que praticamente deixou no esquecimento a necessidade do afeto, para viver de forma integral. A ausência da afetividade pode comprometer a caminhada e, consequentemente, a própria felicidade. As famílias devem ofertar afetividade e não somente coisas materiais. Até os ambientes de trabalho estão precisando urgentemente de mais afeto. Que não seja gasto muito tempo com desafetos, que a afetividade se misture com as palavras, os pensamentos e as atitudes. Sem dúvida, a vida é uma construção repleta de detalhes. 

Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraço!     

Leia também:
3por4: Zé Ramalho se apresenta em Nova Prata no dia 11 de agosto
3por4: Grupo italiano apresenta espetáculo de teatro em Bento
3por4: Apresentação do grupo de humor 4 Amigos terá sessão extra em Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros