CPM 22 transporta Caxias ao rock dos anos 2000 em show que apresenta sexta, no Shiva - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Música25/07/2018 | 08h51Atualizada em 25/07/2018 | 08h51

CPM 22 transporta Caxias ao rock dos anos 2000 em show que apresenta sexta, no Shiva

Show integra a turnê do disco "Suor e Sacrifício" (2017)

CPM 22 transporta Caxias ao rock dos anos 2000 em show que apresenta sexta, no Shiva Mateus Mondini/Divulgação
Foto: Mateus Mondini / Divulgação

Eles foram responsáveis por cantar as alegrias e angústias de uma geração que já cresceu. Decretaram um minuto para o fim do mundo um milhão de vezes em rádios, computadores, mp3 players e em smarthphones. Há 23 anos, quando iniciavam o sonho de ter uma banda de garagem em São Paulo, os garotos da CPM 22 não imaginavam o sucesso que viria pela frente. Na sexta, o grupo vem a Caxias divulgar a turnê do disco Suor e Sacrifício (2017). Badauí (vocal), Japinha (bateria), Luciano (guitarra), Fernando (baixo) e Phil (guitarra) prometem encantar um novo público, mas também despertar a nostalgia daqueles que, como eles, viveram o e no rock dos anos 2000:

– Esse é o nosso melhor momento. Tanto na parte artística quanto na conexão com o público. A gente têm feito muitos shows, todos cheios. O público vê a banda já com uma carreira sólida, e esse último disco trouxe a verdade sobre o que estamos vivendo. Todo mundo curtiu o disco, fala que é o melhor até agora. Estamos colhendo o que construímos ao longo do anos – conta Badauí.

Uma das poucas bandas brasileiras de hardcore a ganhar um disco de ouro e fazer sucesso no mainstream, a CPM 22 foi responsável por abrir as portas para uma nova geração de grupos de rock no país, como a Fresno e a Nx Zero. Há exatos dez anos, ao ganhar o Grammy Latino de melhor álbum de rock brasileiro, a banda mostrava que já tinha a admiração das pessoas. Essa troca existe até hoje, mas vem de um público diferente:

– Teve uma renovação: uma parte das pessoas seguiu ouvindo a banda, mas acho que só quem ouve rock mesmo, e não pessoas que gostavam só porque tocava na mídia. Essas são uma minoria. Temos feito muita festa de faculdade, por exemplo.

O repertório do show de sexta, além de trazer clássicos como Um Minuto Para o Fim do Mundo, Não Sei Viver Sem Ter Você e Dias Atrás, também apresenta a Caxias um trabalho somente com músicas inéditas, o Suor e Sacrifício. O disco faz um retorno às raízes do grupo, em uma mistura de guitarras distorcidas, batidas rápidas e letras marcantes.

Ouça uma música do último disco, Suor e Sacrifício:

AGENDE-SE

O quê: show da banda CPM 22.
Quando: na sexta (27), às 21h.
Onde: Shiva Music Club (Rua Oscar Meletti, 521), em Caxias.
Quanto: variam de R$ 80 a R$ 200 e estão à venda pelo site https://goo.gl/cXbbgu e também na Multisom Shopping São Pelegrino. Estudantes e idosos pagam meia entrada. Também há a opção de ingressos promocionais: eles custam de R$ 60 a R$ 120, mediante doação de 1kg de alimento não-perecível.

Leia também
"Medianeras" será exibido no 2º Cine Debate Dom Quixote, sexta-feira, em Bento Gonçalves
3por4: DJs #Rockbrasil80 vão animar antes e pós do show do Skank em Caxias
3por4: Caxiense assina painel de cinco andares exposto em Chicago
Natalia Borges Polesso: turbulência pacífica  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros