46º Festival Internacional de Folclore se inicia nesta sexta em Nova Petrópolis - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Cultura09/07/2018 | 13h12Atualizada em 09/07/2018 | 13h12

46º Festival Internacional de Folclore se inicia nesta sexta em Nova Petrópolis

Ao longo dos 17 dias de programação, mais de 170 apresentações culturais devem ser levadas ao público de forma gratuita

46º Festival Internacional de Folclore se inicia nesta sexta em Nova Petrópolis Mauro Stoffel/divulgação
Foto: Mauro Stoffel / divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A distância não é empecilho quando o assunto é cultura. Prova disso é a programação do 46º Festival Internacional de Folclore, que começa nesta sexta-feira em Nova Petrópolis e que reunirá grupos de pelo menos sete países. Uma das novidades é um grupo da Nova Zelândia, que viajará mais de 12,2 mil quilômetros para subir ao palco da cidade da Região das Hortênsias. A trupe do Te Roopu Manutaki Culture Group trará composições e coreografias inspiradas no povo maori. O evento segue até o dia 29 e tem como tema neste ano A Diversidade nos Guia.

Ao longo dos 17 dias de programação, mais de 170 apresentações culturais devem ser levadas ao público de forma gratuita. Ao todo, são sete grupos folclóricos internacionais vindos, além da Nova Zelândia, do Paraguai, Uruguai, Chile, Colômbia, Argentina e Áustria. Também estão confirmados artistas da Paraíba, Maranhão, Goáis, Pará, Minas Gerais, Espirito Santo, Bahia  e Ceará. As culturas regional e local serão representadas por 30 grupos. A expectativa dos organizadores é de que até 130 mil pessoas passem pela Rua Coberta, junto à Praça da República, onde ficará o palco principal.

_ É um evento de diversidade cultural, onde conseguimos conhecer e prestigiar as danças, músicas e teatros que os grupos trazem, mas também viver um pouco do que eles vivem nos seus países de origem _ comenta a diretora do departamento cultural de da prefeitura de Nova Petrópolis, Ana Paula Weber. 

O festival folclórico também é lugar de história. Os 160 anos da Colônia Provincial de Nova Petrópolis serão comemorados por meio do espetáculo A Travessia: Memórias de uma Odisseia. A atração é uma união entre música, dança, teatro e vídeo-documentário, que conta a vinda dos imigrantes alemães para a cidade da Serra. O espetáculo será apresentado na abertura, sexta, e no encerramento do festival, dia 29.

Entre as atrações programadas para o primeiro sábado está o Desfile de Integração, que reúne todos os grupos participantes do festival. Será a partir das 16h, na Avenida 15 de Novembro. Quem encerra a primeira noite é o Grupo Folclórico Internacional Remembranzas, que vem do Paraguai. Com 20 anos de história, os integrantes apresentarão danças populares, além do espetáculo Show das Garrafas. 

Durante os três finais de semana de festival, os visitantes também poderão se divertir com os jogos germânicos, como o chope em metro, arremesso de chope e cabo de força.

PROGRAME-SE

O quê: 46º Festival Internacional de Folclore.
Quando: a abertura será na sexta, a partir das 19h, com acendimento da Chama Folclórica na Associação Sociedade Cultural e Esportiva Linha Araripe, interior do município. As apresentações começam no sábado.
Onde: na Rua Coberta (Praça das Flores).
Quanto: entrada gratuita.
Informações: confira a programação completa no site www.festivaldefolclore.com.br.

Leia também
Almanaque: casos de crianças que testemunham aparições de fantasmas desafiam a compreensão dos pais
Pedro Guerra: talvez é só mais umas das mentiras que nos contaram
3por4: Mississippi Delta Blues Festival terá edição carioca
3por4: Caxienses da Catavento anunciam lançamento do terceiro disco para 3 de agosto 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros