Lourdes Curra autografa quinta, em Caxias, livro sobre a saga de um xavante - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Literatura12/06/2018 | 09h00Atualizada em 12/06/2018 | 09h00

Lourdes Curra autografa quinta, em Caxias, livro sobre a saga de um xavante

Obra é inspirada na história real do indígena Orestes Serinhonsa Aedzane

Lourdes Curra autografa quinta, em Caxias, livro sobre a saga de um xavante Felipe Nyland/Agencia RBS
Escritora, nascida em Flores da Cunha e radicada em Caxias do Sul, está no seu 16º livro Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Aos 17 anos, quando cursava o Magistério, Lourdes Curra escreveu seu primeiro livro, A Princesinha Marta, que acabou publicado muitos anos depois. Agora, aos 85, prepara-se para autografar, na quinta-feira, sua 16ª obra, A Saga do Guerreiro Xavante Orestes Serinhonsa Aedzane (Lorigraf, 40págs., R$ 30). Diferentemente daquele primeiro livro e da maioria dos outros que vieram depois, como Esperança, Sapolândia e Eureca!, neste a escritora aposta numa história real, a do indígena Orestes, que dá nome à obra.

— Um casal de amigos foi para o Mato Grosso, na Serra do Roncador, e lá conheceu um índio que tinha saído da sua aldeia e sonhava em voltar para lá. Quando eles me contaram do encontro, eu disse: "daria um livro" — conta Lourdes, que nasceu em Flores da Cunha mas mora em Caxias do Sul desde criança.

A ideia começou a tomar corpo em 2015, quando o xavante visitou Caxias e foi entrevistado pela autora. Ele também lhe trouxe de presente muito material sobre seu povo e seus costumes. Tudo isso foi parar nas páginas de A Saga do Guerreiro Xavante..., que, após abordar rapidamente as primeiras representações dos indígenas — como a carta de Pero Vaz de Caminha, os livros do aventureiro alemão Hans Staden e as telas de Victor Meirelles —, conta a história de Orestes Aedzane.

Recheado de fotos e com ilustrações de Alencar Carvalho, o livro também detalha rituais do povo xavante. Entre eles estão o Oi'ó, em que meninos de diferentes clãs lutam para aprender que não devem brigar sem necessidade; a Wate'wa, ou cerimônia da água, uma espécie de teste de resistência; o Wai'á, em que o protagonista recebeu o dom da cura (ele é pajé e xamã); o Sau'ri, em que os rapazes enfrentam diversos obstáculos para fortalecer o espírito; o Dabasa, ou casamento, e vários outros.

O lançamento será na Galeria de Arte da Casa da Cultura, com a presença de Orestes e de sua mulher, e os autógrafos serão embalados por músicas xamânicas em som ambiente.

 Capa do livro A Saga do Guerreiro Xavante da escritora Lourdes Curra.
Foto: reprodução / Reprodução

Agende-se

O quê: lançamento do livro A Saga do Guerreiro Xavante Orestes Serinhonsa Aedzane, de Lourdes Curra.

Quando: quinta, dia 14, das 17h às 20h.

Onde: na Galeria de Arte Gerd Bornheim, na Casa da Cultura (Rua Dr. Montaury, 1.333), em Caxias.

O livro: 40págs., R$ 30.

Leia também:
3por4: Festival Especial pode ter duas edições em 2018, em Caxias
Feijoada do Pulita chega à sua 20ª edição no próximo dia 23, em Caxias do Sul
Alice Salazar recebe fãs em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros