Longa "O Orgulho" abre a programação do Festival Varilux de Cinema Francês em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Cinema07/06/2018 | 08h02

Longa "O Orgulho" abre a programação do Festival Varilux de Cinema Francês em Caxias

A primeira exibição ocorre nesta quinta-feira e será gratuita

Longa "O Orgulho" abre a programação do Festival Varilux de Cinema Francês em Caxias Pathé Distribution / Divulgação/Divulgação
A protagonista Neila Salah, interpretada por Camélia Jordana, cresceu na periferia e sonha em se tornar advogada Foto: Pathé Distribution / Divulgação / Divulgação

Uma prestigiada universidade de Direito parisiense, um professor cuja reputação como provocador reacionário está bem estabelecida e uma estudante nascida no Marrocos são os ingredientes do novo filme de Yvan Attal, O Orgulho (Le Brio, em francês), que abre hoje a programação do Festival Varilux de Cinema Francês em Caxias do Sul. No longa, Attal aborda temas como racismo, provocação, eloquência, argumentação e imigração, nunca focando especialmente em nenhum deles, mas usando de variadas estratégias para reforçar a discussão.

A qualidade de direção e atuações brilhantes como as de Daniel Auteuil e Jordana Camelia em O Orgulho também estão presentes no restante da programação, que se estende até o dia 1° de julho. Longas inéditos como 50 são os novos 30, que aborda a vida de uma mulher que, aos 50 anos, se vê diante do paradoxo da idade, Primavera em Casablanca, que traça uma jornada em busca da liberdade, e o drama psicológico repleto de genialidade O Amante Duplo são algumas das ótimas surpresas do cinema francês que estarão em cartaz.

— O cinema francês é um dos mais criativos que existem, tem uma identidade e uma assinatura únicas. São trabalhos que exploram questões mais reflexivas, em que os autores são sempre enfatizados junto com a obra. A oportunidade de trazermos 20 filmes neste ano é preciosa para Caxias — avalia Gilmar Marcílio, coordenador da Sala de Cinema Ulysses Geremia.

O Festival Varilux é uma parceria da Unidade de Cinema e Vídeo da Secretaria Municipal da Cultura com a Aliança Francesa. A exibição de hoje à noite será gratuita e incluirá um coquetel aberto à comunidade antes do início do filme. Nos outros dias, os ingressos custam R$ 10 (público geral) e R$ 5 (estudantes). Gilmar explica que a possibilidade de trazer, pelo segundo ano, somente obras inéditas, também é um diferencial que busca atrair mais público à Sala:

— O objetivo é trazer esse olhar mais duradouro do cinema francês, a perspectiva de uma obra que não se esgote em si mesma. Nós exploramos muito mais aspecto do que o cinema comercial. Temos uma carta de opções bem eclética, ele contempla o público nos seus mais diferentes gostos.

Trailer do longa "Le Brio"

AGENDE-SE

O quê: Festival Varilux de Cinema Francês.
Onde: na Sala de Cinema Ulysses Geremia (Rua Luiz Antunes, 312 - Centro de Cultura Ordovás), em Caxias.
Quando: de 7 de junho a 1° de julho.
Quanto: exibição gratuita hoje. Nos outros dias, ingressos a R$ 10 (geral) e R$ 5 (estudantes).

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 7, às 18h30min: O Orgulho (Le brio), de Yvan Attal.

Dia 8, às 19h30min: Primavera Em Casablanca (Razzia), de Nabil Ayouch. 

Dia 9, às 19h30min: 50 são os Novos 30 (Marie Francine), de Valérie Lemercier.

Dia 10, às 18h: O Orgulho (Le brio), de Yvan Attal.

Dia 10, às 20h: O Amante Duplo (L’amant double), de François Ozon.

Chloé, uma jovem frágil, se apaixona por seu psicoterapeuta em O Amante Duplo (L’amant double), de François Ozon.Foto: Divulgação

Dia 14, às 19h30min: Carnívoras (Carnivores), de Jérémie Renier e Yannick Renier.

Dia 15, às 19h30min: A Noite Devorou o Mundo (La nuit a dévoré le monde), de Dominique Rocher. 

Dia 16, às 19h30min: Promessa ao Amanhecer (La promesse de l’aube), de Eric Barbier. 

Dia 17, às 18h: Custódia (Jusqu’à la garde), de Xavier Legrand.

Dia 17, às 20h: Nos vemos no Paraíso (Au revoir là-haut), de Albert Dupontel.

Dia 21, às 19h30min: O Último Suspiro (Dans la brume), de Daniel Roby.

Em O Último Suspiro (Dans la brume), sobreviventes se refugiam nos últimos andares e nos telhados dos prédios de Paris no dia em que um nevoeiro misterioso envolve a cidadeFoto: Divulgação

Dia 22, às 19h30min: Marvin (Marvin), de Anne Fontaine.

Dia 23, às 19h30min: Troca de Rainhas (L’échange des princesses), de Marc Dugain. 

Dia 24, às 16h: A Raposa Má (Le grand méchant Renard et autres contes), de Benjamim Renner e Patrick Imbert. 

Dia 24, às 18h: De Carona Para o Amor (Tout Le Monde Debout), de Franck Dubosc.

Dia 24, às 20h: O Retorno do Herói (Le retour du héros), de Laurent Tirard.

Cena do longa O Retorno do Herói (Le retour du héros), de Laurent Tirard.Foto: Divulgação

Dia 28, às 19h30min: A Excêntrica Família Gaspard (Gaspard va au mariage), de Antony Cordier.

Dia 29, às 19h30min: A Busca do Chef Ducasse (La quête d’Alain Ducasse), de Giles de Maistre.

Dia 30, às 19h30min: A Aparição (L’apparition), de Xavier Giannoli.

Dia 1º de julho, às 18h: O Poder de Diane (Diane a les épaules), de Fabien Gorgeart. 

Dia 1º de julho, às 20h: Gauguin – Viagem ao Taiti (Gauguin Voyage du Tahiti), de Edouard Deluc.

Leia também
Grupo de teatro Cia Palma faz turnê pela Europa
Tem Gente Teatrando apresenta nesta quarta a peça "Lendas de Enganar a Morte", em Caxias
Semana reserva shows de Yangos e Cuscobayo em Caxias
Humberto Gessinger faz show neste domingo no UCS Teatro, em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros