Frei Jaime: um novo olhar - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião14/06/2018 | 06h00Atualizada em 14/06/2018 | 06h00

Frei Jaime: um novo olhar

O fascínio do viver se completa com a possibilidade de voltar o olhar para outras direções

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer é um pouco mais lento, neste período... Ainda bem que a vida pulsa intensamente... Colocar-se a caminho, em direção à felicidade é uma opção extraordinária e esperançosa. Vamos lá para mais um dia! 

"Para ver muita coisa é preciso despregar os olhos de si mesmo." (Nietzsche). 

O fascínio do viver se completa com a possibilidade de voltar o olhar para outras direções, alcançando novos horizontes. O olhar é capaz de ampliar as possibilidades e captar detalhes que farão toda a diferença. As pessoas que se queixam da rotina são justamente aquelas que não ‘movimentam’ o olhar: acabam olhando sempre para a mesma direção, preferem visualizar as mesmas coisas, não prestam atenção às mudanças. Existem também olhares pessimistas: dão um jeito de tingir tudo com a tonalidade da indiferença.

 Ainda bem que alguns olhares alçam voos incríveis e acabam acenando para outras realidades, não perdendo tempo com dificuldades, nem se desgastando com as críticas. Para apreender aquele olhar que faz acontecer a diferença é necessário um pequeno deslocamento: deixar de olhar unicamente para si mesmo e dar-se conta das diversas realidades que circundam e embelezam a vida. O individualismo já confirmou sua incapacidade de proporcionar realização ao coração humano. Apesar disso, cresce o número daqueles que discursam e agem pensando unicamente no próprio 'eu'.

A migração do 'eu' para o 'nós' é condição para experimentar a verdadeira e profunda felicidade, além de garantir a construção do bem comum. Sair de si para encontrar-se com os demais é o caminho para criar e fortalecer os laços de pertença mútua. O mundo não piorou. Pelo contrário, o mundo apresenta constantes melhorias. O desafio é transformar o coração para poder visualizar o crescimento do bem e engajar-se em ações que possam aliviar o sofrimento alheio. Viver é bom demais. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!

Leia também
Mais um ruído entre prefeitura de Caxias do Sul e Câmara de Vereadores
Hospital Pompéia recebe relíquia de Santo Antônio
O título da Copa de 2018 não deve escapar das favoritaças

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros