Frei Jaime: empurrar ou puxar? - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião13/06/2018 | 06h00Atualizada em 13/06/2018 | 06h00

Frei Jaime: empurrar ou puxar?

O conhecimento é uma construção que desconhece fim

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer se faz convite: 'recomece!' Com muito ânimo e muita disposição, saltando ao encontro desta nova jornada. Hoje é dia 13 de junho, dia de Santo Antônio! Que ele interceda a Deus por todas as nossas necessidades. Mas que ele, acima de Deus, nos ensine o caminho da bondade e do amor. 

"Não serve só para portas, mas também para a vida: se está escrito 'puxe', não adianta 'empurrar'."(Paulo Coelho). 

O conhecimento é uma construção que desconhece fim. É surpreendente prestar atenção ao crescimento que vai se estruturando, na medida em que a pessoa torna-se aberta para todo e qualquer aprendizado. Os momentos da vida são diversificados. É aconselhável não deixar espaço para o medo. Por outro lado, não convém viver de aventuras. A vida alcança a realização na medida em que as portas são descobertas e a passagem se dá de forma consciente. Se a indicação diz que é para puxar, não adianta empurrar, pois os resultados não serão satisfatórios. 

Muitas pessoas vivem de forma distraída: empurram quando deveriam puxar. Em outros momentos, fazem o contrário: puxam quando deveriam empurrar. É bem verdade que a vida ora precisa de empurrões, ora aguarda para ser puxada. Estar atento para agir adequadamente não é uma questão somente de inteligência, mas de amor à vida. Quem ama viver não tem dificuldade de distinguir entre o puxar e o empurrar. Alguns, no entanto, cruzam os braços e simplesmente deixam acontecer. 

São estes que, lá adiante, irão reclamar da vida. Todos podem dar certo, ninguém nasceu destinado ao fracasso. Pelo contrário, a felicidade é, talvez, a única certeza que pode receber a denominação de destino. No entanto, cada um deve responder pelos seus atos e pelas suas escolhas. Puxar e empurrar são ações necessárias e intransferíveis. O segredo reside na sensibilidade de perceber o momento certo para cada decisão. Em algumas situações é bem provável que não exista nenhuma indicação. Porém, com um pouco de habilidade será possível saber se o segredo é empurrar ou puxar. Há um momento certo para cada coisa. Descobrir qual a melhor atitude é o segredo para chegar à felicidade. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!

Leia também
Visate aponta redução de 60,6% em quedas dentro dos ônibus em Caxias 
Empresas da Serra precisam ficar menos dependentes de único setor 
Presença das mulheres é cada vez maior na gestão de negócios
RGE estima que cerca de 40 mil clientes estejam sem energia na Serra 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros