Com participação de autores caxienses, livro de contos "Não Culpe o Narrador" será lançado neste sábado, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Literatura29/06/2018 | 08h00Atualizada em 29/06/2018 | 08h34

Com participação de autores caxienses, livro de contos "Não Culpe o Narrador" será lançado neste sábado, em Caxias

Coletânea reúne textos sobre futebol assinados por 26 escritores e escritoras de todo o Brasil

Com participação de autores caxienses, livro de contos "Não Culpe o Narrador" será lançado neste sábado, em Caxias Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Seja para aproveitar o clima de Copa do Mundo ou revivê-lo naquela ressaca que acomete os fãs de futebol ao final de cada Mundial, Não Culpe O Narrador é leitura obrigatória para todos que veem dentro das quatro linhas mágicas que cortam o tapete verde todas as explicações para o drama e a glória da vida. A coletânea de contos que será lançada neste sábado, no Quintino Futebol Pub, em Caxias do Sul, reúne 26 escritores, que pela ficção prestaram tributo ao esporte mais popular do planeta. O elenco de 16 autores e 10 autoras, a maioria novas vozes da literatura brasileira, conta com cinco representantes caxienses: Tiago Sozo Marcon, Lúcio Humberto Saretta, Marcos Mantovani, Marcos Fernando Kirst e Ana Luiza Rizzo, essa radicada em Porto Alegre. 

A ideia surgiu da turma de 2015 da oficina literária do escritor gaúcho Luiz Antonio de Assis Brasil, da qual fazem parte Saretta, Marcon e Ana Luiza. A cada ano o grupo de 15 escritores publica uma coletânea de contos, e este ano a Copa do Mundo serviu de inspiração. Para rechear a obra, foram convidados autores de outros estados brasileiros e alguns gaúchos, entre eles Kirst e Mantovani. Cada participante escolheu um país para ambientar a sua narrativa. Além da criatividade, o que diferencia cada texto é a forma como cada autor insere o futebol em sua história. O resultado é uma seleção de textos atraentes para todo tipo de público, desde o mais “boleiro” até aquele que só se relaciona com o esporte a cada quatro anos.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 28/06/2018. Lançamento do livro Não Culpe o Narrador, com participação dos caxienses Lúcio Humberto Saretta,Tiago Sozo Marcon , Marcos Kirst e  Marcos Mantovani. (Diogo Sallaberry/Agência RBS)
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

– O futebol é só um mote. Em alguns contos ele aparece como um matiz, em outros de forma mais concreta ou metafórica.  Na nossa quase monocultura esportiva de futebol, todo mundo tem uma história, seja de identificação ou até de repulsa. Como uma questão edipiana daquela pessoa que odeia porque o pai era fanático, por exemplo. Dificilmente o futebol passa batido na vida das pessoas – observa Marcon, que assina o conto Um Sheik Em Erechim. 

Para avalizar a obra, os autores escolheram um craque celebrado dentro e fora dos gramados: o ex-jogador Tostão, campeão do Mundo em 1970, médico de formação e um dos colunistas esportivos mais respeitados do país. É o companheiro de ataque de Pelé e Jairzinho quem assina o texto de orelha do livro, no qual descreve o livro como “delicioso”. 

– O Tostão é um cara diferente de outros ex-jogadores que se limitam a comentar o jogo, porque tem uma visão muito ampla e uma afinidade com a literatura – destaca Saretta, autor do conto Viagem Ao Limite do Absurdo e responsável por fazer o convite ao ex-atleta.

Programe-se
O quê: lançamento do livro Não Culpe o Narrador em Caxias do Sul, com sessão de autógrafos
Quando: amanhã, às 17h
Onde: No Quintino Futebol Pub (Rua Garibaldi, 485, Centro)
Quanto: o livro estará à venda por R$ 35 

Leia também
3por4: Ato reunirá comunidade caxiense na Maesa, nesta quinta
Agenda: Rosa Tattooada se apresenta na sexta-feira em Caxias 
3por4: Caxiense cria estampas para comemorar aniversário de 30 anos


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros