Kelli Pedroso lança sábado, em Caxias, romance "As Horas Não Importam Mais" - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Literatura31/05/2018 | 08h00Atualizada em 31/05/2018 | 08h00

Kelli Pedroso lança sábado, em Caxias, romance "As Horas Não Importam Mais"

Sessão de autógrafos será na Do Arco da Velha Livraria e Café

Kelli Pedroso lança sábado, em Caxias, romance "As Horas Não Importam Mais" Alexandre Alaniz/divulgação
Suspense se passa na estrada, com personagem sem nome deparando com situações que remetem a seu próprio passado Foto: Alexandre Alaniz / divulgação
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Uma mulher, cujo nome não sabemos, acorda coberta de sangue e sem saber onde está. Só sabe que precisa pegar a estrada, seguir em frente pela BR-290, deixar tudo para trás. O trajeto, porém, a leva diretamente ao encontro do passado do qual quer fugir. Essa, em resumo, é a trama de As Horas Não Importam Mais (Pergamus, 72págs., R$ 30), que a escritora porto-alegrense Kelli Pedroso autografa, sábado, em Caxias do Sul.

— A personagem faz muitas paradas, nas quais depara com cenas absurdas do dia a dia que mostram a monstruosidade do ser humano e a fazem recordar do que viveu na infância — conta a autora, acrescentando que só durante o processo de escrita percebeu que o romance estava ganhando o ritmo de um thriller.

Fã de autores como os brasileiros Rubem Fonseca, Raphael Montes, Sérgio Faraco e Altair Martins, além de nomes consagrados do suspense como a norte-americana Patricia Highsmith, Kelli conta que quis criar um mistério mais psicológico, algo mais sutil, nas entrelinhas. E não ficou com medo de incluir na trama temas pesados como depressão e pedofilia, entre outros.

As Horas Não Importam Mais é o segundo livro de Kelli e sua estreia no romance. Em 2011, ela lançou o volume de crônicas O Sexo das Antas, finalista do Prêmio Ages, e antes disso já havia participado de antologias —uma delas, inclusive, teve lançamento em Caxias em 2008, o que motivou a escritora a voltar, agora, a contemplar os leitores da cidade. 

Jornalista, Kelli cursou também o extinto Curso de Formação de Escritores e Agentes Literários da Unisinos, em meados dos anos 2000. Em 2001, criou uma editora, a Pergamus, selo pelo qual está saindo o romance. 

Narrada em primeira pessoa, a história tem capítulos curtos, que dão agilidade à leitura. Ela conta que a ideia par ao livro surgiu ainda em 2014, porém, durante um assalto, ela perdeu o manuscrito e teve de reiniciar do zero. O argumento permaneceu o mesmo, porém, vieram novidades:

— A história foi tomando um rumo próprio. Só o final já estava decidido desde o início — conta.

A sessão de autógrafos será na Do Arco da Velha Livraria e Café.

Agende-se

:: O quê: lançamento do livro As Horas Não Importam Mais, de Kelli Pedroso.

:: Quando: sábado, dia 2 de junho, das 10h às 13h.

:: Onde: na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias do Sul.

:: O livro: editora Pergamus, 72págs., R$ 30.


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros