Frei Jaime: necessárias forças - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião01/05/2018 | 06h00Atualizada em 01/05/2018 | 06h53

Frei Jaime: necessárias forças

A vida é simplesmente maravilhosa

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Amanhece um dia especial: 1º de maio, dia do trabalho, dia dos Trabalhadores e Trabalhadoras! Dia de São José Operário! Feriado... Início do mês de maio... Coração agradecido! Pedindo bênçãos, principalmente para os desempregados! 

"Quando a força dos pés forem poucas, não force. Fique de joelhos. Nem sempre somos mais fortes só por estarmos de pé." (Vera Queiroz). 

O desejo de viver é intrínseco, brota naturalmente, inspira buscas e mostra por onde andar. A vida é simplesmente maravilhosa, inclusive por estar diante de desafios e problemas. Viver é uma descoberta diária, uma construção infindável, um projeto com toque de eternidade. Em alguns momentos, porém, os pés já não têm as necessárias forças para continuar a caminhada. Então, se não for possível continuar de pé, dobrar os joelhos passa a ser uma opção inteligente. Nem todos os que estão de pé são realmente fortes. Por outro lado, muitas pessoas que estão ajoelhadas são verdadeiras fortalezas, apesar da aparência fragilizada. O segredo reside na capacidade de achar uma saída, de ser estratégico, de não permitir que o desespero roube as forças que ainda restam. 

Encontrar alternativas deveria ser uma das especialidades do ser humano. Os obstáculos não pedem licença para se apresentar, surgem quase sempre do nada e simplesmente transformam o jeito de viver. Quantos caminheiros, mundo a fora, não imaginavam de, um dia, terem que ficar de joelhos. Manter a serenidade diante da adversidade é uma saída eficaz. Porém, somente quem tem uma interioridade bem cultivada é capaz de repensar ou até redesenhar outros trajetos. Independente do amanhã, o importante é estar aberto para possíveis adaptações. 

É verdade que o ideal seria ter um itinerário já estabelecido. Mas a vida é feita também de oscilações. Em alguns dias, os pés estão mais do que cansados, apesar disso, é preciso ficar de pé. Mas se não der para equilibrar-se sobre os dois pés, ficar de joelhos poderá ser uma opção capaz de verdadeiros milagres. O importante é não perder a paz interior e estar disposto a qualquer saída para garantir dinamismo e alegria. Viver é maravilhoso. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria. Abraço!

Leia também
Sancionada lei que proíbe consumo de bebidas alcoólicas durante a noite, em Bento Gonçalves
Confira concursos abertos no RS: salários chegam a R$ 22 mil
Idoso é morto a tiros de espingarda em Criúva, no interior de Caxias
Prefeitura de Farroupilha coloca à venda 12 terrenos do município

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros