Frei Jaime: a solidão pode atrapalhar os sonhos dos caminhantes - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião26/05/2018 | 07h37Atualizada em 26/05/2018 | 07h37

Frei Jaime: a solidão pode atrapalhar os sonhos dos caminhantes

Colocar-se a caminho é uma atitude que expressa dinamismo, envolve esperança

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Amanhece um dia muito especial: sábado, dia 26 de maio, Dia de N. Sra. de Caravaggio! Ó terra ditosa, feliz Caravaggio... Joaneta vivia momentos dificieis, com violência familiar... A Mãe de Jesus aparece e intercede... Por todas as famílias que passam por dificuldades... Mãe de Caravaggio, rogai por nós! Amém! 

"O nosso caminho é feito pelos nossos próprios passos. Mas a beleza da caminhada depende dos que vão conosco!" 

Colocar-se a caminho é uma atitude que expressa dinamismo, envolve esperança, cria o desejo de chegar e alcançar a meta. De um jeito ou de outro, todos estão em movimento. O desafio é saber o ponto de chegada, independentemente das agruras do caminho. Só o fato de querer chegar já é meio caminho andado. É maravilhoso saber que a vida acontece, um passo depois do outro, rumo ao infinito. O olhar não pode se voltar unicamente para o chão, as alturas necessitam ser admiradas. Ao longo do caminho, as paisagens se alternam, os cenários se modificam. 

Entre o céu e a terra há muito para ser visualizado e aprimorado. A solidão pode atrapalhar os sonhos dos caminhantes. De fato, a beleza da caminhada depende dos que entram no mesmo compasso, por trilharem as mesmas estradas. Não faz bem caminhar sozinho, quando existem muitas trocas e ideias para serem compartilhadas. Se a companhia faz a diferença, é possível até sentar, por uns instantes, para dar descanso ao corpo e alento à alma. Ninguém sabe quanto tempo terá que caminhar, enquanto soma dias, meses e anos. Mas o desejo de avançar, conhecer outras paragens, sentir a suavidade da brisa e até a velocidade do vento, faz com que os dias não sejam monótonos. 

A espiritualidade também pode imprimir vigor aos passos daqueles que não abrem mão de cultivar a fé. A transcendência convida ao deslocamento, inspira confiança, nutre promessas. As condições climáticas podem retardar a chegada, mas não impedirão que o coração se encontre com a oração. Caminhar com fé é uma das belezas da vida. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços! 

Leia também
CIC de Caxias do Sul quer candidatos pés no chão
Ex-vereador Adelino Teles filiou-se no PSD
Pela primeira vez, prefeito de Caxias do Sul defendeu a alteração da data da Festa da Uva

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros