Exposição em Caxias do Sul reúne obras de Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Para ver os mestres04/05/2018 | 13h00Atualizada em 04/05/2018 | 14h52

Exposição em Caxias do Sul reúne obras de Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner

Pinturas pertencem a acervo particular de casal de colecionadores

Exposição em Caxias do Sul reúne obras de Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner Porthus Junior/Agencia RBS
Curador Ademar Sebben destaca o domínio que Malagoli tinha da técnica e os diversos temas que abordou em sua obra Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Caxias do Sul viverá, a partir desta sexta-feira, um momento inédito na história das artes plásticas na cidade. Pela primeira vez, obras de três dos mais importantes nomes da pintura no Rio Grande do Sul estarão reunidas em uma exposição que abre às 19h30min e permanece até o dia 2 de junho, na Galeria Municipal Gerd Bornheim, na Casa da Cultura. Técnica e Expressão reúne 21 obras produzidas por Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner em momentos distintos dos séculos 19 e 20.

– Para quem conhece arte, é um prato cheio. E para quem não tem intimidade, também é um bom começo, porque começa vendo qualidade – resume o curador da mostra, Ademar Sebben.

Leia mais
Em cinco exposições até 2022, Galeria Gerd Bornheim mostrará  obras de grandes nomes da pintura brasileira 

Parte do acervo particular dos colecionadores José Antonio e Hieldis Martins, os trabalhos representam, como define Sebben, o que de melhor se produziu no Estado em termos de pintura em óleo sobre tela, técnica predominantemente utilizada pelo trio de artistas.

– Das artes plásticas, a pintura a óleo sempre foi considerada uma arte nobre, pelas dificuldades que apresenta – destaca.

Dos três, Malagoli (1906-1994) foi com quem Sebben mais conviveu. Natural de Araraquara (SP), mudou-se para Porto Alegre em 1952, onde lecionou no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e, em 1957, criou o Museu de Artes do Rio Grande do Sul (Margs). Durante sua trajetória, foi eclético: pintou retratos, arte sacra, casarios, naturezas mortas.

– Malagoli é um mestre. Extremamente professor, dominava a técnica e gostava de repassar a outros – destaca o curador.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 03/05/2018. Exposição Técnica e Expressão reúne, na Galeria Gerd Bornheim, em Caxias do Sul, trabalhos de três dos mais importantes pintores do Rio Grande do Sul: Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner.  As obras pertencem à pinacoteca particular do casal de colecionadores João Antonio Martins e Hieldis Martins. Na foto, obra Chegada dos Açorianos, de Pedro Weingärtner. (Porthus Junior/Agência RBS)
"Chegada do Açorianos", de Pedro WeingärtnerFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

Weingärtner (1853-1929), por sua vez, lembra Sebben, foi um pintor acadêmico. Porto-alegrense filho de imigrantes alemães, mudou-se aos 24 anos para a Europa, movido pelo desejo de dedicar-se à pintura. Chegou, inclusive, a ser bancado pelo imperador Dom Pedro II durante seus estudos. Em sua trajetória, explorou muito as paisagens do Rio Grande do Sul e figuras humanas, tendo sido considerado, à época, um dos melhores pintores brasileiros em atividade.

Mais expressivo do grupo, Iberê (1914-1994) é também o autor das telas mais dramáticas da exposição. Quem for à galeria poderá ver de perto as sete pinturas que seduzem o olhar de quem visita a residência dos Martins no bairro Petrópolis.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 03/05/2018. Exposição Técnica e Expressão reúne, na Galeria Gerd Bornheim, em Caxias do Sul, trabalhos de três dos mais importantes pintores do Rio Grande do Sul: Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner.  As obras pertencem à pinacoteca particular do casal de colecionadores João Antonio Martins e Hieldis Martins. Na foto, obras de Iberê Camargo (D). (Porthus Junior/Agência RBS)
À direita, "Mímica", de Iberê CamargoFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

– Tu vês a pincelada forte. Ele usa camadas e camadas de tinta, formando um relevo. É também muito dramático, as cores, azul marinho, preto, vermelho – descreve Sebben.

Além das obras na Casa da Cultura, outras três, uma de cada artista, estarão à mostra no Campus 8 da Universidade de Caxias do Sul durante o período da exposição.

O nome da exposição é uma referência ao estudo homônimo apresentado por Malagoli quando o artista foi aprovado para integrar o corpo docente do Instituto de Artes da UFRGS.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 03/05/2018. Exposição Técnica e Expressão reúne, na Galeria Gerd Bornheim, em Caxias do Sul, trabalhos de três dos mais importantes pintores do Rio Grande do Sul: Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner.  As obras pertencem à pinacoteca particular do casal de colecionadores João Antonio Martins e Hieldis Martins. Na foto, obras de Ado Malagoli. (Porthus Junior/Agência RBS)
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Programe-se
:: O quê:
exposição Técnica e Expressão, com obras de Iberê Camargo, Ado Malagoli e Pedro Weingärtner.
:: Quando: abertura nesta sexta-feira (4), às 19h30min. Visitação até 2 de junho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, aos sábados, das 10h às 18h, e aos domingos, das 14h às 18h.
:: Onde: na Galeria Municipal Gerd Bornheim (Rua Dr. Montaury, 1.333, Centro, Caxias do Sul)
:: Escolas podem agendar visitas guiadas pelo telefone (54) 3221-3697. Serão recebidas três turmas de até 40 alunos por dia. A Galeria fornecerá o transporte gratuitamente.

Leia também
Novo livro de Maristela Scheuer Deves conta mistério do sumiço de todas as bergamotas dos pomares
Cinema: confira filmes e horários nas salas de Caxias
Sala Ulysses Geremia, em Caxias, recebe longa alemão "Em Pedaços"

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros