Conheça os moradores de Caxias que participaram do "Caldeirão do Huck" - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Televisão14/05/2018 | 19h24Atualizada em 14/05/2018 | 19h24

Conheça os moradores de Caxias que participaram do "Caldeirão do Huck"

Noemia Neske dos Santos e Julio César Cardoso de Melo estiveram no quadro The Wall

Conheça os moradores de Caxias que participaram do "Caldeirão do Huck" TV Globo/Divulgação
Casal faturou R$ 149 mil Foto: TV Globo / Divulgação

Aproveitando que o fim de semana era de celebração ao Dia das Mães, o Caldeirão do Huck do último sábado contou com a participação de uma moradora de Caxias do Sul que sonha com a maternidade. A costureira Noemia Neske dos Santos, 38 anos, contou à coluna que mandou diversas cartas ao programa pedindo ajuda para alcançar o objetivo de tornar-se mãe. Por conta de um problema nas trompas, ela só pode engravidar por meio de fertilização, tratamento que é bastante caro.

— Desde 2016, continuei escrevendo sempre até que, acho que de tanto implorar para eles, resolveram me chamar para participar do quadro The Wall (assista aqui) — comenta. 

Leia mais
3por4: Luciano Huck visitou escola no interior de Farroupilha
Luciano Huck não descarta ser candidato no futuro e anuncia "Tinder do voto"

Noemia participou do programa ao lado do marido, o designer Julio César Cardoso de Melo, 37. Os dois moram no bairro Jardelino Ramos e estão juntos há seis anos. O casal encontrou bastante dificuldade no quadro de perguntas e respostas, mas conseguiu faturar R$ 149 mil na atração.

— Eu e meu marido não temos muito estudo, tivemos que começar a trabalhar muito cedo. Lá foi difícil, não vou negar. Na hora do nervosismo é muito difícil mesmo — conta Noemia.

Um contrato assinado pelo casal impede que eles informem a data na qual o programa, que foi ao ar neste sábado, foi gravado. Entretanto, Noemia conta que o dinheiro já está sendo aplicado para o tratamento de fertilização.   

— Nosso único objetivo é esse, usar o dinheiro todo para isso. Agora é só torcer para dar certo a fertilização, vamos tentar até conseguir, não vamos desistir desse sonho — garante a costureira, que perdeu a mãe ainda criança e ajudou a criar o irmão mais novo.  


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros