Téti Festival terá 12 dias de atrações culturais para crianças, em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Para os pequenos04/04/2018 | 08h00

Téti Festival terá 12 dias de atrações culturais para crianças, em Caxias do Sul

Programação começa nesta quarta-feira e segue até o dia 15

Téti Festival terá 12 dias de atrações culturais para crianças, em Caxias do Sul Douglas Trancoso/divulgação
Espetáculo "Marilu", do grupo Trompim Teatro, será apresentado no dia 10, com entrada gratuita Foto: Douglas Trancoso / divulgação
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Caxias do Sul já ostentou o título de Capital da Cultura, mas, quando se trata de opções culturais voltadas às crianças, elas ainda são raras. Para mudar esse cenário, começa nesta quarta-feira a primeira edição do Téti — Festival de Arte e Cultura para a Infância, que reunirá espetáculos teatrais, exposição de fotos, oficinas, palestras e sessões de cinema pensadas especificamente para o público infantil. A programação segue até o dia 15, e a maioria das atividades é gratuita.

— Eu sempre gostei de trabalhar com cultura para crianças, e, quando me tornei mãe, percebi a carência de projetos para a infância, que não fossem voltados apenas para escolas, e de atividades para toda a família — conta a produtora cultural Caliandra Troian, idealizadora do Téti.

Assim, a partir de um desejo antigo e de uma análise de mercado, surgiu o festival, concretizado graças à Lei de Incentivo à Cultura. As atrações escolhidas para esta primeira edição valorizam, além do universo infantil, a produção cultural caxiense, com prioridade para artistas locais. Ao todo, são 12 dias de programação e duas dezenas de atividades.

— A ideia é que as crianças participem ativamente das oficinas, travando contato com os diversos fazeres artísticos. Já os espetáculos marcados para a noite são voltados para a fruição da arte em família — detalha Caliandra.

Um dos destaques da programação é a exposição Crianças do Outro Lado do Mundo, da fotógrafa Ilka Filippini, que retrata a infância em lugares como Índia e Nepal e poderá ser conferida durante todo o período do festival, no Centro de Cultura Ordovás. Outro é o Festival de Brincadeiras, marcado para domingo, dia 8, em frente à Maesa

A criançada poderá ainda colocar a mão na massa (literalmente), aprender a técnica das bonecas africanas Abayomi e dos toy arts (brinquedos de arte), treinar ilustração, ver filmes e peças teatrais, entre outras atividades. Os bebês também serão contemplados, com o espetáculo Cuco e o musical Raiar.

— Estamos tendo uma aceitação incrível, as oficinas estão quase lotadas. Isso mostra que tem realmente essa demanda latente — analisa a produtora.

O Téti tem realização de Cali Gestão Cultural + Comunicação, financiamento da Lei de Incentivo à Cultura, patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio cultural da Metadados Assessoria e Sistemas, Foto Itália, Unimed Nordeste-RS e Moneo. Há ainda diversos parceiros, como o Sesc, e graças a uma parceria com a Coordenadoria de Assessibilidade do município, há a possibilidade de intérprete em libras nos espetáculos, mediante agendamento.

Téti _ Festival de Arte e Cultura para a Infância. Na foto, uma das imagens da exposição Crianças do outro lado do mundo, de Ilka Filippini, que integrará a programação
Exposição fotográfica sobre crianças do outro lado do mundo também integra a programaçãoFoto: Ilka Filippini / divulgação

Agende-se

:: O quê: Téti — Festival de Arte e Cultura para a Infância.

:: Quando: desta quarta, dia 5, até o dia 15 de abril.

:: As inscrições para as oficinas e palestras do evento podem ser feitas no site www.teti.art.br ou pelo e-mail festivalteti@gmail.com. Agendamentos de grupos para o cinema pelo telefone (54) 3901.1316. 

:: Para assistir os espetáculos, o público pode retirar os ingressos gratuitamente na recepção do Centro de Cultura Ordovás ou uma hora antes de cada atividade, na bilheteria da Sala de Teatro.

PROGRAMAÇÃO*:

Nesta quarta, dia 4:

:: Exposição Crianças do Outro Lado do Mundo, de Ilka Filippini; visitação até dia 15, de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos sábados e domingos, das 16h às 22h, no Centro de Cultura Ordovás. Para todas as idades.

:: 15h: Bonecas Abayomi — Poder e Resistência Feminino. Contação de histórias africanas e oficina de bonecas e cordões, na Biblioteca Parque Largo da Estação. Para crianças a partir de sete anos**.

Na quinta, dia 5:

:: 14h: oficina Colocando a Mão na Massa, com Orquídea e Sal a Gosto, na Escola de Gastronomia Sal a Gosto. Para crianças a partir dos seis anos.

:: 19h: espetáculo Escravos de Jó, com o grupo Tem Gente Teatrando, às 19h, na Sala de Teatro do Centro de Cultura Ordovás. Para crianças a partir dos cinco anos.

Sexta, dia 6:

:: 9h (turma 1) e 15h (turma 2): oficina Ilustrando um Mundo que é Seu, com Giovana Mazzochi e Douglas Trancoso, no Centro de Cultura Ordovás. Para crianças a partir dos oito anos.

:: 15h: cinema infantil O Bom Dinossauro, na Sala de Cinema do Ordovás. Para crianças a partir dos três anos.

:: 19h30min: palestra O Sentir, o Ser e a Arte, com Giovana Mazzochi e Douglas Trancoso, para profissionais da área.

Sábado, dia 7:

:: 15h: espetáculo Cuco — A Linguagem dos Bebês no Teatro, da Cia Caixa de Elefante, na Sala de Teatro do Ordovás. Para crianças de zero a três anos.

:: 18h: roda cantada para bebês, com Chiara Herrera, na Sala de Teatro do Ordovás. Para crianças de zero a três anos.

Domingo, dia 8 :

:: 14h: Festival de Brincadeiras, na Rua do Lazer (Plácido de Castro), em frente à Maesa. Para todas as idades.

:: 18h: espetáculo Splish Splash — Dança para Crianças, do Grupo Quiquiprocó, na Sala de Teatro do Ordovás. Para crianças a partir dos cinco anos.

Segunda, dia 9:

:: 15h: cinema infantil, com o filme Moana — Um mar de Aventuras, na Sala de Cinema do Ordovás. Para crianças a partir dos quatro anos.

:: 19h30min: Cine Debate, com o documentário Tarja Branca, na Sala de Cinema do Ordovás. Para educadores, comunidade artística e interessados em geral.

Terça, dia 10:

:: 15h: cinema infantil, com o filme Os Smurfs e a Vila Perdida, na Sala de Cinema do Ordovás. Para crianças a partir dos sete anos.

:: 19h: espetáculo Marilu, com o Trompim Teatro, na Sala de Teatro do Ordovás. Para crianças a partir dos cinco anos.

Quarta, dia 11:

:: 14h: projeto Sabores e Saberes — A Culinária e os Livros, com contação de histórias e oficina de biscoitos com Orquídea, na Biblioteca Parque Largo da Estação. Para crianças a partir dos quatro anos.

:: 15h: Cine Mamãe e Bebê, na Sala de Cinema do Ordovás. Para todas as idades.

Quinta, dia 12:

:: 9h e 14h: oficina de toy art (brinquedo de arte), com Giovana Mazzochi e Douglas Trancoso, no Centro de Cultura Ordovás. Para crianças de seis a 10 anos.

Sexta, dia 13:

:: 19h30min: painel A Criança, o Brincar e a Cultura Infantil, com Lucilene Silva (SP) e Cristiane Ferronato (RS) e mediação de Chiara Herrera (RS), no Teatro do Sesc. Para professores, cuidados, contadores de histórias e interessados em geral.

Sábado, dia 14:

:: 9h às 12h e 13h30min às 16h30min: oficina A Cultura Infantil e a Música Tradicional da Infância, com Lucilene Silva, na Sala de Teatro do Ordovás. Para professores, cuidados, contadores de histórias e interessados em geral. Atividade paga (R$ 100), com inscrições pelo e-mail festivalteti@gmail.com.

:: 14h: Aquarelando — Arte e Musicalização para os Pequenos, na Biblioteca Parque Largo da Estação. Para crianças de dois e três anos, acompanhadas dos pais ou cuidadores.

Domingo, dia 15:

:: 10h às 17h: Arte no Parque, com Musical Raiar para Bebês - Nade Bem, Samuel Sodré, Grupo Zingado, Orquestra Infantil de Maracatu, Sarau da Poesia, Varal da Poesia, contação de histórias, oficina de musicalização e espaço sensorial para bebês, no Parque dos Macaquinhos. Para todas as idades.

* Apenas a oficina do dia 14 é paga; as demais atividades são gratuitas.

** As idades citadas são apenas indicação da idade ideal para cada atividade.

Leia também:
3por4: Bento Gonçalves receberá edição 2018 da Festa Nacional da Música
Mostra "Incorpóreo/Transitório" abre quinta no Campus 8 da UCS, em Caxias
Atividade que convida comunidade a dançar de improviso, "Jam Session" ocorre quarta, em Caxias
3por4: Veja novo lyric video da banda caxiense Grandfúria
3por4: Ecad cobra valores de arrecadação referentes à Festa da Uva de 2014
Marcos Kirst: inteligência não é adorno
Casal da Serra que está dando a volta ao mundo desde 2016 fala da viagem

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros