Orquestra Sinfônica da UCS destaca trompete em concerto nesta quinta, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Música12/04/2018 | 08h00Atualizada em 12/04/2018 | 08h00

Orquestra Sinfônica da UCS destaca trompete em concerto nesta quinta, em Caxias

Solista convidado desta edição será o trompetista Tiago Linck

Orquestra Sinfônica da UCS destaca trompete em concerto nesta quinta, em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Maestro Manfredo Schmiedt regerá o espetáculo, que ocorre no UCS Teatro Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Esqueça as fanfarras militares normalmente associadas ao trompete. Instrumento conhecido desde a antiguidade, mas aperfeiçoado em fins do século 19 — quando passou a ter mais vez nas orquestras —, o trompete será o destaque na edição deste mês do concerto Quinta Sinfônica, que a Orquestra Sinfônica da UCS apresenta na noite desta quinta-feira, no UCS Teatro, em Caxias do Sul.

— A sonoridade do trompete me encanta. É um instrumento que pode ter uma expressividade incrível quando bem tocado, caso do Tiago Linck, um músico fora de série que fará o solo nesse concerto — diz o maestro da Osucs, Manfredo Schmiedt (que se iniciou na música, aliás, justamente tocando esse instrumento).

O regente revela que todo o repertório do espetáculo foi montado a partir da proposição, pelo solista convidado, da peça Concerto para Trompete e Orquestra em mi bemol, da compositora russa Alexandra Pakhmutova. Linck, por sua vez, explica que a sugestão se deve ao fato de esse concerto ser muito significativo para o instrumento, mas ainda pouco tocado para o público.

— É um concerto muito bonito. As obras russas são muito intensas, nessa peça há poucos momentos em que o público pode relaxar. Ela é enigmática e deixa quem ouve preso do início ao fim — garante o solista, que já integrou a Osucs de 2008 a 2012 e hoje atua como primeiro trompete da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre.

Se o Concerto de Pakhmutova, escrito em 1955 e revisado em 1978, é o centro da apresentação desta quinta-feira, as outras peças do repertório não ficam atrás em beleza e sonoridade. A abertura, escolhida também em razão da proximidade com a Páscoa, será com A Grande Páscoa Russa, Op. 36, de Nicolai Rimsky-Korsakov. Segundo o maestro, ela traduz muito bem todas as fases da celebração cristã, da Sexta-Feira Santa (com melodias um pouco mais lamentosas) até a ressurreição de Cristo (com muita percussão e com muitos metais, numa "grande luminosidade orquestral").

O encerramento será com Suite Masquerade, de Aram Khachaturian:

— A Suite fecha muito bem com as outras duas obras. Ela tem cinco movimentos, são três movimentos rápidos, e dois lentos, inclusive com alguns solos, como violino e o próprio trompete — adianta Schmiedt.

Agende-se

:: O quê: concerto Quinta Sinfônica, com a Orquestra Sinfônica da UCS (Osucs).

:: Quando: nesta quinta-feira, dia 12, às 20h30min.

:: Onde: no UCS Teatro, em Caxias do Sul.

:: Quanto: os ingressos custam de R$ 10 a R$ 40, à venda na UCStore (Galeria Universitária) e na Livraria do Maneco.

Leia também:
3por4: Gilney Bertussi prepara lançamento de DVD em Caxias
3por4: Ganhe ingressos para o espetáculo "Cirquin", que será apresentado em Caxias neste domingo
Livro "A Árvore de Colher Estrelas" será lançado na sexta-feira, em Caxias do Sul
Com destaque para o chafariz, saiba como será a estrutura da 34ª Feira do Livro de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros