Frei Jaime: se existir amor - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião28/04/2018 | 06h00Atualizada em 28/04/2018 | 06h00

Frei Jaime: se existir amor

A temática do amor nunca será repetitiva

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O sábado amanhece calmamente... a impressão é de que um misto de paz e de leveza percorrem a corrente sanguínea... viver com maior intensidade é uma escolha, uma decisão, um desejo que brota das profundezas do ser.... Durante a semana, são tantas as cobranças... Que este final de semana, enquanto abril ensaia sua despedida, seja muito alegre. 

"Se existir amor, entendi o seguinte: você não vai sair ileso disso." (Wilson Filho). 

A temática do amor nunca será repetitiva. A humanidade tem ainda muito a dizer referente ao amor. É certo que cada um tem sua ótica, seu ponto de vista, sua experiência. Amar é o melhor jeito de sentir a vida e de redesenhar realizações. A grande maioria quer ser amada, mas nem sempre sabe amar. As trocas, no campo do amor, são as fontes de alegria e de esperança. Quem não ama dificilmente perceberá que o sol brilha, que as flores desabrocham, que os pássaros cantam, que a chuva tem sonoridade, que os sorrisos são contagiantes. 

Porém, o amor não deixa ninguém ileso: todos são marcados indelevelmente e definitivamente. Uma experiência de amor dura até o último piscar dos olhos. Não é errado dizer que o amor comporta um custo, um preço não tabelado. Assim como o amor provoca uma felicidade incontida, ele é capaz de verter lágrimas, de deixar o coração dolorido. O mesmo amor que consegue fazer uma multidão feliz, pode também imprimir uma profunda tristeza. Quem é tocado pelo amor tem créditos e débitos, assim como tudo na vida acontece entre o ganhar e o perder. 

O interessante é que todos os que sofrem por causa do amor, cedo ou tarde, são contemplados pela felicidade. Há uma lógica, um segredo, um mistério na essência do amor: são aquelas coisas que somente o coração sabe lidar. O amor sempre precisará de uma contribuição racional, mas quem tem propriedade para tratar o amor é o coração. Algumas pessoas nem sabem que possuem coração, pois se fixam na racionalidade e de lá não migram. Mesmo que, ao exercitar o amor, surja algumas dores, nada é mais belo do que a capacidade de amar e a permissão para ser amado. Vale a pena sofrer por amor, pois a dor passa e o amor permanece, se eterniza. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!

Leia também  
Ex-prefeito de Caxias do Sul deverá ressarcir R$ 431 mil aos cofres públicos
Promulgada legislação que estimula campanha de doação de sangue e órgãos em Caxias do Sul
PT da Serra vai a Curitiba para a Vigília Lula Livre

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros