Natalia Bianchi abre exposição "Efêmera", nesta terça-feira, em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Artes plásticas13/03/2018 | 10h35Atualizada em 13/03/2018 | 10h35

Natalia Bianchi abre exposição "Efêmera", nesta terça-feira, em Caxias do Sul

Obras, em grafite sobre papel, podem ser conferidas no Alouca Café

Natalia Bianchi abre exposição "Efêmera", nesta terça-feira, em Caxias do Sul Felipe Nyland/Agencia RBS
Desenhos são representações não figurativas de memórias armazenadas por Natalia Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Na natureza, tudo muda muito rapidamente, e o que vemos hoje não é o mesmo que veremos amanhã. Esse conceito de transitoriedade permeia as obras da mostra Efêmera, de Natalia Bianchi, com abertura nesta terça-feira no Alouca Café, em Caxias do Sul. Os sete desenhos, em grafismo sobre papel, partem de imagens vistas pela artista e armazenadas na sua memória:

— São registros de texturas, de volumes, de grafias que em algum momento eu vi e que possivelmente só eu tenha visto, pois esse olhar é meu. Se outra pessoa visse a mesma imagem, provavelmente a veria de outra forma — explica Natalia.

Esses registros, no entanto, não são figurativos, embora tragam referências da natureza e de elementos orgânicos, como um tronco ou um galho, por exemplo. Eles são a transmutação em imagem de algo efêmero, que acabou, porque só existiu no momento em que foi visto, acrescenta a artista.

— É um trabalho intenso, que faz um contraponto entre formas mais duras e formas mais fluidas, mais leves — diz.

Natalia retornou ao desenho no ano passado, após incursões pela pintura a óleo, o acrílico, a aquarela e a cerâmica. Na mostra anterior, Criaturas, utilizou o nanquim, e agora voltou ao grafite:

— O desenho em si já dá muitas possibilidades, e o grafite permite explorar muito mais, principalmente na questão das texturas, que está bem forte nesse trabalho.

Assim como em Criaturas, também as obras de Efêmera são em preto e branco. Isso se deve tanto à técnica utilizada quanto ao modo peculiar de ver da artista, que não enxerga cores.

A exposição poderá ser visitada até o dia 8 de abril. 

Agende-se

:: O quê: exposição Efêmera, de Natalia Bianchi.

:: Quando: abertura nesta terça-feira, dia 13, às 19h; visitação até 8 de abril, de segunda a sexta, das 10h às 20h, e aos sábados, das 13h às 18h.

:: Onde: no Alouca Café (Rua Os 18 do Forte, 2.331, junto à Praça da Bandeira).

:: Quanto: entrada franca.

Leia também:
3por4: Cancelamento da exposição de Rafael Dambros no Ordovás causa polêmica em Caxias
Orquestra da Universidade de Iowa tem apresentações na UCS e no Mississippi Delta Blues Bar em Caxias nesta terça
Agenda: Exposição "Imagens Poéticas" pode ser visitada até o próximo sábado, em Caxias
Igrejas onipresentes
Em memória de Anoema
Amores no plural

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros