Frei Jaime: que seja um dia de interiorização - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião30/03/2018 | 06h30Atualizada em 30/03/2018 | 09h17

Frei Jaime: que seja um dia de interiorização

A vida é marcada também pela habilidade em lidar com as coisas materiais

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Amanhece um dia especial, um dia inesquecível, um dia de silêncio, de jejum e abstinência de carne... A Sexta-Feira Santa é fonte de infinitas bênçãos... Um grande amor sustentou a pior de todas as dores e humilhações: a crucificação! Que dia seja um dia de interiorização.... 

"Não tinha quase nada, além da fé. Foi o suficiente." 

A vida é marcada também pela habilidade em lidar com as coisas materiais. Naturalmente todos necessitam disso ou daquilo. A subsistência só acontece quando o suficiente está ao alcance das mãos. Uma grande maioria está privada do básico. Uma minoria desperdiça o excedente. Um dia, não muito distante, todos terão pão à mesa e paz ao redor da mesa. Entre os símbolos que o mundo conhece, está a cruz. O Homem de Nazaré foi erguido injustamente, sob o peso do pior castigo, no alto do Calvário. Até suas vestes foram arrebatadas e sorteadas. Ficou praticamente sem nada. Restou, no entanto, o suficiente: a fé.

A fidelidade ao Pai fez com que a aparente derrota se tornasse vitória. Quando tudo parecer encerrado, chega a luz da fé para confirmar que é possível recomeçar. Que riqueza, que energia e que força pode ser encontrada na fé. Já se passaram dois mil anos e aquela dramática Sexta-Feira Santa continua inspirando corações e unindo mãos. Voltar-se para o alto é uma oportunidade para relativizar o peso das cruzes humanas, uma vez que Ele a carregou para resgatar a todos. A fé pode ser expressa de muitas maneiras, mas sempre será fé. É evidente que muitos olham para outras direções. 

Ninguém é obrigado a cultivar a transcendência. A vida é maravilhosa justamente pela liberdade de poder fazer escolhas. Quando alguém manifesta seu viés de espiritualidade, o respeito deve entrar em ação. A fraternidade é sustentada pela alegria da pertença e da convivência. Por outro lado, quando a fé consegue seu devido espaço, a vida é banhada  de amor. A quantidade de coisas nem sempre garante o essencial. Ter fé é ter o suficiente. Olhar para cruz é estar aberto para acolher a luz.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços! 

Leia também:
Concurso da prefeitura de Gramado está com o edital atrasado
Prefeitura de Caxias divulga datas da prova para cargo de professor
Concurso da prefeitura de Caxias do Sul oferece 39 vagas com salários de até R$ 6 mil

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros