Frei Jaime: cada pessoa é um mundo, com traços e manifestações diversificadas - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião 07/02/2018 | 07h00Atualizada em 07/02/2018 | 07h00

Frei Jaime: cada pessoa é um mundo, com traços e manifestações diversificadas

O desejo de ser uma pessoa bem relacionada está presente na grande maioria, parece fazer parte do DNA

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O dia amanhece lentamente... Aos poucos vamos adequando os movimentos e confirmando o que tem para ser feito. Recomeçar é sempre muito bom, além de fazer bem. Que este dia tenha ritmo, dinamismo e muita paciência. Seguindo a Luz Maior! 

"Nem todas as pessoas vão gostar de você, algumas não gostam nem delas mesmas."

O desejo de ser uma pessoa bem relacionada está presente na grande maioria, parece fazer parte do DNA. Porém, alguns ainda vão pela via do individualismo, gostam de pensar somente em si, permanecem com janelas e portas fechas, como se não estivesse ninguém em casa. É justo esforçar-se para criar laços de respeito e amabilidade para com todos. Ser capaz de sustentar um bom relacionamento com a maioria é sinal de maturidade e equilíbrio. Porém, num determinado momento da vida, talvez alguns desencontros acontecerão. 

Não há uma explicação exata, mas algumas pessoas poderão ter dificuldades de se aproximar ou de querer bem aos demais. Mesmo que você não tenha feito nada, alguns ficarão distantes, reticentes, desconfiados. Assim como a simpatia não requer nenhum esforço, a antipatia está no mesmo nível. Facilmente as pessoas se desestabilizam, quando ficam sabendo que alguém não gosta delas. Esse sentimento de insegurança e de incompreensão aumenta ainda mais quando a pessoa tem consciência de que não fez nada de mal. 

Acontece que, mesmo não havendo nenhum histórico de desentendimentos ou de ações prejudicais, algumas pessoas vão continuar não gostando de você. É importante permanecer com o coração sereno, pois o problema pode ser justamente da outra parte. Pessoas têm dificuldade de gostar das outras, talvez porque não gostam delas próprias. O esforço em querer bem a todos é uma atitude nobre. Se, em algum momento, não houver uma afetiva acolhida da outra parte, que a serenidade continue pautando os dias e os momentos. Agradar a todos é praticamente impossível. 

Cada pessoa é verdadeiramente um mundo, com traços e manifestações diversificadas. Apesar de tudo isso, a troca de afetos prevalece, o amor continua circulando, a solidariedade continua em alta. Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços! 

Leia mais:
Frei Jaime: acumule o que clareia a alma, ilumina o sorriso e perfuma a vida
Frei Jaime: pequenas permissões abrem espaços para grandes invasões


Leia também
Rede Havan busca comprar área entre Caxias do Sul e Farroupilha há dois anos 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros