Do mundo jurássico ao geek, Guilherme Adamatti mostra referências em exposição solo em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Artes plásticas15/02/2018 | 08h00Atualizada em 15/02/2018 | 10h58

Do mundo jurássico ao geek, Guilherme Adamatti mostra referências em exposição solo em Caxias

Mostra "Adamatti Art" inaugura sexta-feira, às 19h, na Sala de Exposições do Centro de Cultura Ordovás

Do mundo jurássico ao geek, Guilherme Adamatti mostra referências em exposição solo em Caxias Roni Rigon/Agencia RBS
Adamatti encara o dragão Smaug, de O Hobbit, uma das peças que estarão na exposição Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Primeira exposição solo do  artista plástico caxiense Guilherme Adamatti, a mostra Adamatti Art estreia nesta sexta, às 19h, na Sala de Exposições do Ordovás, reunindo 15 obras em argila, tecido e resina. As peças, quatro delas inéditas e o restante uma compilação de trabalhos expostos em outras oportunidades, trazem suas influências do universo geek, paleoarte (temas pré-históricos) e do mundo da música, oferecendo ao público a possibilidade de experimentar uma versão materializada de personagens dos filmes e games que só estão na tela.

– Além de trabalhar com peças que não tenham cópias, todas originais, procuro confeccionar personagens que ainda não tenham sido tão explorados fora das telas. Um exemplo é o dragão Smaug, do filme O Hobbit, que tem um visual bem legal, mas que só existem duas peças oficiais dele, bem difíceis de ser encontradas – comenta o artista. 

Aos 24 anos, Adamatti, que também é baterista das bandas de heavy metal Tears of Rage e Fighter, dedica-se às artes plásticas desde os 21. O interesse surgiu na esteira do gosto por desenhar, que vem desde a infância. Cursou o Programa Linguagens da Arte, no Campus 8 da UCS, e tem na professora Mayta Pasa uma mestra. O convite para realizar a primeira exposição surgiu após a boa visitação e aceitação da exposição coletiva Horror, no ano passado, da qual foi um dos artistas convidados. Sua versão do personagem Diablo, do game homônimo, foi um dos trabalhos mais elogiados naquela mostra. 

– Comecei despretensiosamente, mas conforme o pessoal foi se interessando pelas primeiras peças e pedindo algumas por encomenda, uma coisa acabou levando a outra. Ao mesmo tempo, o curso me ensinou a conhecer melhor as técnicas e os materiais, como a resina transparente e, principalmente, a argila, que é a base do meu trabalho – explica. 

A exposição segue até o dia 11 de março, com visitação de segunda a sexta, das 9h às 22h, e finais de semana das 16h às 22h. Interessados em adquirir ou encomendar alguma obra podem procurar o artista. 

Agende-se

O quê: Exposição “Adamatti Art”, de Guilherme Adamatti
Quando: Inauguração nesta sexta, às 19h. Visitação até 11 de março
Onde: Sala de Exposições do Centro de Cultura Ordovás
Quanto: Entrada franca

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros