3por4: Genoveva Finkler usa arte para protestar contra preconceito e intolerância - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Mensagem12/02/2018 | 15h45Atualizada em 12/02/2018 | 15h45

3por4: Genoveva Finkler usa arte para protestar contra preconceito e intolerância

Escultura criada pela caxiense propõe mensagem de amor ao próximo

3por4: Genoveva Finkler usa arte para protestar contra preconceito e intolerância Divulgação/Divulgação
Criação em argila mostra criança negra, inspirada em bebê caxiense filho de senegaleses, no colo de Jesus Foto: Divulgação / Divulgação

Aos 76 anos, aposentada e podendo dedicar energia às leituras, aos hobbies e aos sete netos, poucas coisas tiram Genoveva Finkler do sério ultimamente. Injustiça e preconceito estão entre elas. A artista plástica caxiense, que em 2016 comemorou 50 anos de carreira, tem se incomodado muito com histórias que escuta a respeito da intolerância enfrentada por senegaleses e haitianos que vivem em Caxias. A tristeza e a revolta convergiram em arte por meio das mãos da artista. A peça ao lado, de argila e com 60 centímetros de altura, nasceu como um ato de protesto.

Leia mais:
Trajetória artística de Genoveva Finkler é revisitada em exposição, em Caxias
Suposta agressão a senegalês reabre debate sobre tratamento dado a imigrantes, em Caxias

– Eles (senegaleses e haitianos) foram os últimos imigrantes a chegar aqui, por que são tão desrespeitados? Me dói na alma escutar histórias assim – disse ela, narrando relatos de violência e discriminação contra imigrantes ocorridos em empresas e outros espaços da cidade.

A imagem do bebê negro no colo de Jesus Cristo foi inspirada na mensagem inclusiva da frase bíblica “vinde a mim as criancinhas”. A imagem da criança foi criada à semelhança de um vizinho da artista, caxiense filho de pais senegaleses que vieram buscar uma vida melhor por aqui. A família costuma frequentar a paróquia da Igreja Bom Pastor, assim como Geno.  

Em meio ao feriadão de Carnaval, festa que celebra a liberdade, fica a reflexão urgente e sensata trazida pela arte de Genoveva Finkler. Uma mensagem de amor.

Veja a peça inteira abaixo:

Obra de Genoveva Finkler contra o racismo
Relatos sobre de violência e intolerância contra senegaleses e haitianos motivou a peçaFoto: Divulgação / Divulgação

Leia também:
3por4: BNegão se apresenta em Caxias no dia 21 de abril
Agenda: Valdir Verona lança CD na próxima quinta, em Caxias
Prêmio Oceanos abre inscrições 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros