3por4: Campanha Não é Não! marcou Carnaval no Rio, mostrando que os blocos são também lugar de engajamento - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Sem assédio13/02/2018 | 16h00Atualizada em 13/02/2018 | 16h00

3por4: Campanha Não é Não! marcou Carnaval no Rio, mostrando que os blocos são também lugar de engajamento

Ideia ganhou apoio de várias personalidades 

3por4: Campanha Não é Não! marcou Carnaval no Rio, mostrando que os blocos são também lugar de engajamento Instagram/Reprodução
Marina Person e Leandra Leal colocaram a mensagem na pele Foto: Instagram / Reprodução

A folia dos blocos de Carnaval também é uma ótima plataforma de discurso. Mesmo em meio à zoeira e ao bom-humor que a época sugere, 2018 foi marcado por um importante crescimento no engajamento contra o assédio. Entre as boas ideias que desfilaram pelas ruas do Rio está a campanha Não é Não!. A iniciativa, criada no ano passado, ganhou força neste ano por conta de uma vaquinha entre mulheres que acabou viabilizando quatro mil tatuagens temporárias com o mantra da campanha. Várias famosas apoiaram a ideia, como a cineasta Marina Person e a atriz e diretora Leandra Leal (ao lado).

Leia mais:
Programe-se: festas de Carnaval em Caxias continuam nesta terça e fim de semana
Cerca de 40 mil pessoas participam do Bloco da Velha, em Caxias
Forqueta, em Caxias, celebra as raízes italianas no Carnaval       

– No Carnaval, percebi que existia uma potência no uso do corpo para (a mulher) se manifestar. E também no Carnaval a gente sente muito forte que o fato de a mulher estar com menos roupa intensifica o assédio que já existe no cotidiano – disse uma das idealizadoras do projeto, Julia Parucker, ao site Hysteria.

É sempre bom lembrar que o recado vale para qualquer época do ano e para qualquer gênero. 

Leia também:
Mostra fotográfica "Onde a Amazônia Começa e o Nordeste Termina" abre sexta no Centro de Cultura Ordovás, em Caxias
3por4: Que tal doar aquelas bijuterias que você não usa mais para um projeto de customização de roupas?
3por4: Caxienses Carlos Bacchi e Fernanda Daudt mostram coleção em Nova York
3por4: Genoveva Finkler usa arte para protestar contra preconceito e intolerância

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros