Frei Jaime: o toque de cada dia - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião02/01/2018 | 09h00Atualizada em 02/01/2018 | 09h00

Frei Jaime: o toque de cada dia

Viver bem é mais importante do que viver mais

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

A vida acontece no tempo. Ninguém sabe quanto, mas confia que terá o tempo suficiente. Pouco ou muito tempo é uma percepção muito pessoal. A quantificação deixa de ser o critério maior, quando a qualificação se apresenta como alternativa mais adequada.

Crie todo dia o dia que você quer ter.  

Viver bem é mais importante do que viver mais. A cada amanhecer um presente é distribuído a todos, indistintamente: 24 horas. Todos os dias são disponibilizadas as horas necessárias para dar conta do maravilhoso evento: a vida. 

Há quem gostaria de mais horas: desejam fazer mais do que é possível. O tempo sempre será suficiente, se houver sabedoria e atenção na distribuição das tarefas. É necessário respeitar os limites físicos e mentais, para não prejudicar o emocional. 

Por outro lado, há quem não sabe ocupar o tempo, simplesmente dispersa-o. Lá adiante poderá fazer falta, lacunas surgirão. Um detalhe mais do que importante: quem dá o toque ao dia é a própria pessoa. Criar o dia que cada um quer ter é uma missão, um compromisso, uma satisfação. Os outros até podem tentar, mas ninguém é capaz de estragar o dia de quem está determinado a viver bem. 

Então, não basta deixar as horas passar. É imprescindível ser criativo e cuidadoso com o tempo disponível. A garantia de que o ano será bom passa pela atenção dada aos minutos diários. Ao invés de deixar acontecer, fazer acontecer. 

No lugar das lamentações, permitir um pouco de esperança, uma pitada de ânimo, a quantidade ideal de espiritualidade. Viver, para quem ama, nunca será difícil. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros