DJ mato-grossense Vintage Culture se apresenta no palco principal do Planeta Atlântida, na sexta - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Música31/01/2018 | 08h57

DJ mato-grossense Vintage Culture se apresenta no palco principal do Planeta Atlântida, na sexta

Confira um guia com dicas para curtir melhor o Planeta

DJ mato-grossense Vintage Culture se apresenta no palco principal do Planeta Atlântida, na sexta Divulgação/Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação

DJs estrangeiros já estiveram entre as principais atrações do Planeta Atlântida – com nomes como os holandeses Tiësto e Armin van Buuren, o britânico Fatboy Slim e o israelense Skazi. Porém, em 2017, o goiano Alok se apresentou no palco principal do  festival gaúcho. E dando continuidade ao bom momento da música eletrônica brasileira, Vintage Culture será protagonista na primeira noite do evento, sexta-feira, no Palco Planeta.

Natural de Mundo Novo (MS), Lukas Ruiz Hespanhol é o DJ e produtor por trás do projeto Vintage Culture. Autor de hits como Hollywood, Slowing Down e Eyes, ele decolou ao lançar remixes de Blue Monday, do New Order, e Another Brick in the Wall, do Pink Floyd. Com 25 anos, Lukas já se apresentou em todos os cantos do planeta (Américas Latina e do Norte, Europa, África, Ásia e Oceania). Tocou em festivais badalados como Lollapalooza, Rock in Rio e o Tomorrowland, na Bélgica. 

Tudo começou em uma lan house no interior de Mato Grosso do Sul, conta Lukas:

– Meu tio tinha uns CDs de música eletrônica, mais voltados para o trance. Comecei a ouvir, a gostar e a pesquisar. Me interessei pela parte da produção, então ganhei um computador Positivo do meu pai. Como não tinha internet, eu ia na lan house da minha cidade para baixar os programas e ia aprendendo.

Aos poucos, Lukas foi disponibilizando suas músicas na web e ganhando atenção:

– As pessoas começaram a descobrir minha música de maneira orgânica. Isso possibilitou ter gente querendo me levar para tocar, em função da minha produção. Em 2013, comecei a viajar e não parei mais.

Sobre sua chegada ao Planeta Atlântida, diz:

– É um festival que é um grande sonho para qualquer artista. Estou com uma expectativa muito boa, gosto muito de tocar no Rio Grande do Sul. Vai ser um desafio pegar esse palcão e encerrar a primeira noite.

Pista do E-Planet volta ao festival

Ausente do festival nas últimas três edições, o E-Planet, espaço dedicado à música eletrônica, está de volta. Instalada dentro da boate Oito, a estrutura fechada vai receber sets dos DJs Thiago Matthias, Bacci, Fran Bortolossi e Karine Larré, na sexta, e Carola, Rushö, Pic Schmitz e Avilla & Kohen, no sábado.

– O E-Planet sempre representou bem a música eletrônica no Planeta Atlântida, mesmo antes de o festival colocar grandes DJs no evento – destaca Gustavo Sirotsky, gerente artístico do Planeta. – A primeira vez foi em 2005 com o Tiësto, depois vieram Armin van Buuren, Martin Solveig e muitos outros. 

O E-Planet retorna no momento em que se percebe o aquecimento da música eletrônica no Brasil, liderado por nomes como Alok, que esteve no Planeta em 2017, e Vintage Culture, que fecha a primeira noite neste ano.

Lukas concorda:

– Os artistas brasileiros ganharam projeção também em função de terem dado um salto de qualidade nos últimos três anos, tanto no que produzem quanto na forma como se apresentam. É o momento mais positivo que a gente já viveu. Estamos saindo do nosso nicho e alcançando os palcos principais dos grandes festivais, além de entrar na cultura da música popular de norte a sul do país. É  motivador. 

Guia da diversão para o Planeta

Faltam dois dias para a 23ª edição do Planeta Atlântida, que será realizada sexta e sábado no Litoral Norte. Os portões da Saba, na praia de Atlântida, em Xangri-lá, serão abertos, nos dois dias, às 16h, para receber o público com 45 atrações musicais divididas entre três palcos e mais um espaço dedicado à música eletrônica. Durante o festival, são esperadas cerca de 80 mil pessoas, que aproveitarão 12h ininterruptas de música por dia. A estrutura terá novidades: com 22 metros de altura e área total de 368 metros quadrados para que os artistas circulem e montem seus cenários, o Palco Planeta será o maior de todas as edições do festival. 

SAIBA MAIS

CAMAROTE 

A área fica a 20 metros do palco onde se apresentam as principais atrações do evento e tem uma pista exclusiva. O espaço receberá nos dois dias de festival nomes como Ed Motta, Sandra de Sá, Showdi, Sambary, Pedro Valério & Mark Daniel, Pathy Dejesus, Pic Schmitz e Gabriel R.

PLANETA PREMIUM 

Parceria entre o Planeta Atlântida, o 20barra9 e a boate Oito é um espaço exclusivo para maiores de 18 anos, dentro do camarote, que pode receber até 300 pessoas por noite. A área conta com open bar e open food, e será animada por DJs escalados com a curadoria da recém-inaugurada casa noturna Oito. O espaço só pode ser adquirido por quem também garantir seu lugar no camarote.

SHUTTLE EXCLUSIVO 

O público do camarote conta com um transporte exclusivo de shuttle com saída a partir das 16h, do canteiro da Rua Jandaia, na esquina com a Avenida Central de Atlântida. O serviço custa R$ 20 por dia, com direito a ida e volta.

COMO CHEGAR 

Há vários caminhos para chegar até a Saba. Para quem for de carro, a organização do evento incentiva caronas. Não há estacionamento próprio no local, mas é possível estacionar nas imediações. Da Serra, o caminho deve ser feito pela Rota do Sol, que ocupa a extensão de duas estradas, a ERS-453 e a ERS-486, e que liga a região ao Litoral. 

GASTRONOMIA 

O festival terá 20 expositores espalhados entre 27 pontos diferentes da arena e do camarote, com cachorro-quente, pizza, hambúrguer, pastel, crepes, sorvetes e opções veganas. Cinco food trucks também estarão estacionados lá.

SÓ PARA MAIORES 

Lembrete da produção do festival. Menores de 18 anos estão proibidos de realizar a compra e consumir bebida alcoólica dentro do evento. Na maior festa do Planeta, a venda de bebidas é consciente!

SEGURANÇA 

Mais de 600 agentes estarão envolvidos diretamente com a segurança dos planetários durante todo o festival, incluindo profissionais de segurança privada, socorristas e bombeiros que farão atendimento e deslocamento de pessoas para o posto médico local, além do apoio da Brigada Militar e da Polícia Civil. Também haverá uma delegacia instalada na parte externa da Saba e um controle de acesso rigoroso. A equipe de segurança indica levar apenas o essencial e que documentos só sejam guardados em bolsos com zíper para evitar possíveis perdas. 

ACHADOS E PERDIDOS 

Os planetários que perderem documentos ou objetos pessoais na sede campestre da Saba podem se dirigir, durante o festival, à Central de Segurança que está localizada em frente aos patrocinadores na Via Planeta. Após o evento todos os pertences serão encaminhados à delegacia de Xangri-lá.

ACESSO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 

Quem estiver com o carro devidamente identificado para portadores de deficiência tem acesso facilitado pela Av. Interbalneários através do Portão 1. Há também a opção de serviço de shuttle com veículos adaptados para quem tem necessidade.

BANHEIROS 

Baterias de banheiros estarão localizadas atrás das praças de alimentação da arena e do camarote. Também haverá banheiros próximos ao posto médico e atrás do estúdio da rádio Atlântida.

POSTO MÉDICO 

A Unimed Porto Alegre montará uma ampla estrutura no festival, com um ambulatório equipado por salas de medicação, farmácia, sala com leitos de observação  e de cuidados intensivos. 

PROGRAME-SE

O quê: Planeta Atlântida 2018
Quando: sexta e sábado
Onde: Saba (Avenida Interbalneários, 413 – Praia de Atlântida)
Classificação indicativa: 14 anos.

INGRESSOS

Ingressos inteiros (3º lote): R$ 260 (arena individual);  R$ 380 (arena passaporte); R$ 460 (camarote individual); R$ 700 (camarote passaporte). Ingressos meia-entrada: arena (esgotado), R$ 400 (camarote individual); R$ 600 (camarote passaporte). Ingressos Clube do Assinante (3º lote): R$ 240 (arena individual); R$ 355(arena passaporte); R$ 430 (camarote individual); R$ 650 (camarote passaporte), à venda na Renner do San Pelegrino (sem taxas) ou pelo planetaatlantida.com.br (com taxa).

Leia também
Experimente o famoso chilli com carne e cheddar gratinado
Agenda: Exposição "Bordando Sonhos" até 24 de fevereiro, em Caxias
3por4: Raimundos se apresenta no dia 31 de março, em Veranópolis 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros