Projeto caxiense Passaporte da Leitura recebe troféu do Prêmio Ages - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Incentivo à leitura03/12/2017 | 18h39Atualizada em 03/12/2017 | 18h39

Projeto caxiense Passaporte da Leitura recebe troféu do Prêmio Ages

Em 13 edições, projeto de leitura já atingiu 117 mil estudantes

Projeto caxiense Passaporte da Leitura recebe troféu do Prêmio Ages Priscila Mentz/divulgação
Cassio Immig, diretor da Biblioteca Municipal, Helô Bacichette, coordenadora do PPEL, Maria Cristina Tiburi Pisoni, diretora do Departamento do Livro e da Leitura, e Adriana Camelo Lucena, também integrante do Departamento, comemoram a conquista Foto: Priscila Mentz / divulgação
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Treze edições, 160 escritores participantes, 117 mil estudantes contemplados e 9.345 livros distribuídos. Com esses números, o projeto Passaporte da Leitura, vinculado ao Departamento do Livro e da Leitura da Secretaria da Cultura (SMC) de Caxias do Sul, conquistou na noite de sábado o Prêmio Ages — Parceiros da Escrita, na categoria Ação/Projeto de Leitura.

— O prêmio é motivo de muita alegria e orgulho, pois representa o reconhecimento de um trabalho de muitos anos e muitas mãos — comemora a diretora do Departamento do Livro e da Leitura, Maria Cristina Tiburi Pisoni.

Promovido pela Associação Gaúcha de Escritores (Ages), o prêmio visa reconhecer a contribuição de pessoas, projetos e instituições à produção literária, ao incentivo à leitura e à divulgação das obras de autores gaúchos. O Passaporte da Leitura concorreu com dois outros projetos, o Voelendo Contadores e Mediadores de Histórias, de Porto Alegre, e o LeiturAção, de São Leopoldo.

Leia também:
Filme "Assassinato no Expresso do Oriente" faz livro de Agatha Christie ganhar novas edições
Leitura ao alcance de todos

Maria Cristina destaca ainda que a importância do Passaporte vai além dos números: o objetivo é tornar a leitura uma prática social, envolvendo alunos, professores e comunidade. Criado em 2005, ele segue a dinâmica de distribuição de livros a escolas (das redes municipal, estadual e particular), previamente inscritas, que, por vários meses, trabalham essas obras em sala de aula. A culminância das atividades ocorre sempre em outubro, durante a Feira do Livro, quando os estudantes visitam a Feira e participam de bate-papos com os autores dos livros trabalhados.

Neste ano, um total de 3,5 mil alunos tiveram a oportunidade de conversar com 10 escritores de várias partes do país. Nas escolas, as estimativas são de que pelo menos 11 mil crianças e adolescentes tenham participado das atividades. A coordenação do Passaporte é do Programa Permanente de Estímulo à Leitura, o PPEL, que integra o Departamento do Livro e da Leitura da SMC.

A solenidade de premiação foi realizada durante o jantar anual da Ages, em Porto Alegre. Também foram distribuídos troféus em cinco outras categorias: Biblioteca/Livraria, Edição, Educação, Ilustração e Imprensa.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros